“Ninguém deveria se preocupar se o parceiro transa com outra pessoa”: Uma análise da militância não-monogâmica de Regina Navarro Lins

Antonio Cerdeira Pilão

Resumo

Neste artigo analiso o papel desempenhado por Regina Navarro Lins no processo de publicização das relações não-monogâmicas no Brasil. O objetivo é compreender que tipo de saberes sobre poliamor são (re)produzidos em seus discursos e, principalmente, pensar as consequências geradas tanto nos movimentos não-monogâmicos quanto na construção de um debate público sobre o tema no país. Para tanto, recorro ao seu livro de maior sucesso de vendas (“A Cama na Varanda”), ao seu blog no UOL, à sua página no Facebook, às suas matérias publicadas no “Jornal do Brasil” e àquelas que fazem referência a ela.

Palavras-chave

Não-monogamia; Poliamor; Sexualidade; Mídia.

Texto completo:

PDF