A Idéia de Progresso em Kant

José Aparecido Pereira

Resumo


Fazer uma abordagem em que a noção de progresso em Kant seja explicitada, constitui-se como a intenção primordial deste artigo. A fundamentação teórica para a realização deste objetivo, encontrar-se-á, sobretudo, em duas obras de Kant: “Idéia de Uma História Universal de Um Ponto de Vista Cosmopolita” e “O Conflito das Faculdades”. Na primeira, pressupõe-se que é na história que a espécie humana realiza progressivamente os seus próprios fins. Neste sentido, o progresso é visto e entendido sob uma teleologia da natureza.
Na segunda, influenciado pelo acontecimento contemporâneo, a Revolução Francesa, Kant apresenta uma concepção de progresso totalmente nova, instigante e reformulada, chegando
à conclusão de que o horizonte de uma teleologia da natureza não é suficiente para se pensar sobre o sentido da história.

Palavras-chave


Kant; história; razão; progresso

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |