Bioética e cidadania: questões de filosofia política e sua relação com a medicina, engenharia genética os conhecimentos biológicos e engenharia genética

Francisco Antônio de Andrade Filho, Luciana Sarmento Moreira, Tiago Gomes de Andrade

Resumo


Discute-se muito, hoje, um novo paradigma do saber: a Bioética. Por que, nesta relação, uma atitude de reflexão, hoje, sobre o biopoder? De caráter interdisciplinar, tenta-se compreender esta nova disciplina como um novo paradigma da relação entre ciência e tecnologia, num confronto com possibilidades e problemas jusfilosóficos, de “ordem ontológica” e no modo de existir da pessoa humana e da própria essência constitucional, social e política da atual sociedade global. Indaga-se ainda: por que uma Filosofia da Medicina? Conhecer a Bioética na iátrica médico-profissional supõe-se enfrentar um dos desafios da Filosofia em sua interface com a Medicina, com a Biologia e Engenharia Genética.

Palavras-chave


Bioética, Cidadania, Medicina, Biologia e Engenharia Genética

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |