A produção de discursos políticos na visão de Pierre Bourdieu

José Otacílio da Silva

Resumo

Como parte de um projeto mais amplo onde se pretende analisar como os diversos cientistas sociais concebem a produção de ideologias políticas, o presente artigo tem a pretensão de demonstrar como Pierre Bourdieu trata da questão em sua teoria sociológica. Por meio de pesquisa bibliográfica, o artigo demonstra que a concepção de Bourdieu acerca do processo de produção de discursos políticos, desmistifica a pretensão de se ter um discurso político como verdade absoluta. Aos olhos de Bourdieu, o teor de um discurso político depende das lutas simbólicas pelo poder simbólico que ocorrem entre os agentes do campo político. Nessas lutas, os discursos políticos são produzidos conforme as necessidades internas e conforme as necessidades externas do campo político. Assim, o caráter de verdade ou a legitimidade de um discurso político dependem não necessariamente de seu conteúdo, mas de seu poder simbólico, portanto, de sua capacidade de conquistar adeptos e de ser por eles aceito como legítimo.

Palavras-chave

Discurso político; campo político, poder simbólico

Texto completo:

PDF