O conhecimento prévio do aluno: um alicerce para a aprendizagem significativa de língua estrangeira

Any Lamb Fenner, Alcione Tereza Corbari

Resumo

Este artigo tem como objetivo central promover uma reflexão sobre as implicações da inserção de uma língua estrangeira no currículo escolar, em especial sobre a necessidade e a importância de se considerar os conhecimentos prévios do aluno (lingüísticos e de mundo). Uma revisão da literatura que trata do ensino de língua estrangeira revela a importância de se inserir um idioma estrangeiro no cotidiano escolar. Mas, para que os objetivos que se propõe para essa disciplina sejam garantidos, é preciso que o contexto sócio-cultural do aluno, suas experiências e seus conhecimentos sejam considerados como uma base de sustentação para a aquisição de novos conhecimentos, para que ocorra uma aprendizagem significativa. Embora esse não seja o único fator necessário para que o ensino de língua estrangeira tenha “sucesso”, pode auxiliar de forma considerável para a construção de uma base real de conhecimento lingüístico e na formação integral do educando, conforme propõem as teorias que sustentam o ensino de língua estrangeira para a escola pública.

Palavras-chave

Ensino de língua estrangeira; conhecimento prévio do educando

Texto completo:

PDF