Representações do espaço na narrativa Jesuítica na capitania do Rio Grande, séculos XVI-XVIII

Maria Emilia Monteiro Porto

Resumo


O devir histórico da Capitania do Rio Grande se desenvolveu nos episódios derevoltas indígenas, nas missões estratégicas e no projeto central de conquista da costa,delineando formas de construção do espaço e identidade regional que poderiam aproximarnoso mais possível de uma elaboração posterior na memória nacional ou local desses dados.Na perspectiva da análise discursiva entendemos que a Companhia de Jesus expressa nascartas e relações sobre a Capitania do Rio Grande uma escritura de si e do espaço em queatuam, uma observação concentrada e dirigida para a comparação e classificação; uma artededicada a conhecer e controlar a diversidade cultural e as adversidades, e a atender aosinteresses materiais e espirituais do projeto.

Palavras-chave


Espaço, Jesuítas, Capitania do Rio Grande

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |