A política de desaparecimento como modalidade repressiva das ditaduras de segurança nacional

Enrique Serra Padrós

Resumo


O presente artigo analisa a política de desaparecimento, modalidade repressiva implementada durante as ditaduras civil-militares do Cone Sul, a partir da perspectiva do Terror de Estado, mecanismo implementado para aplicar as premissas da Doutrina de Segurança Nacional. O texto descreve os motivos dos seqüestros seguidos de desaparecimentos forçados assim como avalia as seqüelas que se projetaram no período democrático posterior.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |