O integralismo no pós-guerra: a formação do partido de representação popular (1945-1950)

Gilberto Grassi Calil

Resumo


O Partido de Representação Popular, fundado em 1945, reuniu ex-membros da Ação Integralista Brasileira, sob a liderança de Plínio Salgado, constituindo-se no instrumento de intervenção política dos integralistas durante todo o chamado "período democrático" (1945-1964). Este artigo busca discutir a reelaboração doutrinária do integralismo que ocorreu a partir do início dos anos1940, a estruturação interna do PRP, seu projeto político, os elementos de mobilização que utilizou e sua participação na vida institucional, a partir da análise dos primeiros cinco anos da trajetória do partido. Propõe ainda algumas reflexões sobre o processo político brasileiro naquele período a partir da forma como os principais partidos se relacionavam com os integralistas.


Palavras-chave


Integralismo; Autoritarismo; Partidos Políticos Brasileiros; História do Brasil República; História Política

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempos Históricos

 

e-ISSN 1517-4689 

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon

Programa de Pós-Graduação em História

Rua Pernambuco, 1777- Caixa Postal 91

Marechal Cândido Rondon – Paraná- Brasil

CEP: 85960-000

| e-mail principal: revista.thistoricos@unioeste.br — e-mail secundário: thistoricos@yahoo.com.br |