PROPRIEDADES SINTÁTICAS E PAPÉIS SEMÂNTICOS DO SUJEITO EM ORAÇÕES ESCRITAS POR ESTUDANTES/MORADORES ESTRELENSES

Pedro Antonio Gomes Melo

Resumo

Este artigo apresenta uma descrição, em uma perspectiva funcionalista, das propriedades sintáticas e dos papéis semânticos da categoria sujeito evidenciados em sentenças escritas por moradores/estudantes estrelenses. Além de estudos bibliográficos, utilizou-se da pesquisa de campo. Foram utilizados os autores basilares Ignácio (2002), Castilho (2010), Neves (1997, 2002, 2011) e Costa (2014). Os resultados evidenciaram que, do ponto de vista sintático, o sujeito pode ser preenchido ou não, em posição anteposta ao verbo, sendo expresso por pronomes ou por sintagma nominal, e ainda de forma elidida. Já do ponto de vista semântico, a função de sujeito expressou os papéis temáticos de agente, beneficiário, experimentador, causativo, origem e objetivo como argumentos de verbos dinâmicos e não dinâmicos.

 

Palavras-chave

Funcionalismo; sujeito; casos semânticos.

Texto completo:

PDF