O CONFRONTO POLÍTICO-IDEOLÓGICO EM O GATO E A REVOLUÇÃO, DE ALCY CHEUICHE

Lucas da Cunha Zamberlan, Deivis Jhones Garlet

Resumo

A novela O gato e a revolução, de Alcy Cheuiche, foi publicada em 1967 e, já no ano seguinte, depois de instituído o AI5, foi censurada e impedida de chegar aos leitores. Este trabalho pretende apresentar uma reflexão crítica sobre as funções sociais desempenhadas pelas diversas personagens na novela, destacando dois discursos notadamente perceptíveis no contexto de produção da obra e estetizados por meio dos enfrentamentos ideológicos apresentados nos diálogos da narrativa: a) o discurso comunista e b) o discurso reacionário. Para lograrmos êxito na nossa pesquisa, utilizamos uma abordagem metodológica que principiou pela fortuna crítica acerca do conceito de ideologia proposto por Eagleton em Marxismo e crítica literária e com o aporte teórico que considerou o modelo de análise literária proposta por Antonio Candido, na obra Literatura e Sociedade.

Palavras-chave

Ideologia; ditadura; Alcy Cheuiche; literatura.

Texto completo:

PDF