REPRESENTAÇÕES DA MÃE-ÁFRICA NA LITERATURA ANGOLANA

Donizeth Aparecido dos Santos

Resumo

Este artigo apresenta três tipos de representações da Mãe-África na literatura angolana. Esse símbolo a que recorreram poetas e ficcionistas angolanos como um meio de afirmação cultural, racial, social e política frente à colonização portuguesa no período de descolonização apresenta-se sob as formas de mãe biológica, simbolizando a terra, a nação e o continente africano; como pátria angolana, constituída por características femininas e maternas; e como o continente africano dotado de caráter materno, representando a progenitora da raça negra.

Palavras-chave

Literaturas de língua portuguesa; Literatura angolana; Mãe-África

Texto completo:

PDF