ESCOLHAS LEXICAIS NO PROCESSO DE TRADUÇÃO DO PORTUGUÊS ESCRITO PARA A LÍNGUA DE SINAIS

Eliziane Manosso STREIECHEN, Josiane de Jesus OLIVEIRA

Resumo

O presente ensaio tem como objetivo analisar as escolhas lexicais e estratégias adotadas para traduzir um texto escrito na Língua Portuguesa (LP) para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório, a qual consiste na análise do corpus – vídeo, levantamento de dados por meio de pesquisas sobre a área de tradução, análise textual e análise comentada. Os resultados revelam que, ao realizar a tradução da língua escrita para a língua de sinais, poderemos nos deparar com diversos entraves, uma vez que nem todas as palavras da LP possuem um sinal representativo na Libras. Isso requer certas facetas que o permitam traduzir tais vocabulários.  Por outro lado, é possível conhecer novos conceitos e ampliar o repertório lexical ao se debruçar na busca por sinais e estratégias que aproximem ao máximo possível a tradução do texto escrito, em LP, para a Libras.

Palavras-chave

Libras; Estratégias de Tradução; Tradução Intersemiótica

Texto completo:

PDF