OFICIALIZAÇÃO DA LIBRAS: MOVIMENTO SURDO E POLÍTICA LINGUÍSTICA DE RESISTÊNCIA

Denielli KENDRICK, Gilmar de Carvalho CRUZ

Resumo

Objetiva-se com este estudo compreender o caminho percorrido pelas comunidades surdas brasileiras até a oficialização da Libras em 2002, pela Lei 10.436 e sua regulamentação pelo Decreto 5.626 de 2005. Utilizou-se de revisão de literatura como metodologia investigativa. O referencial teórico baseia-se em conceitos bourdieusianos e nos Estudos Culturais. Verificou-se que, para a efetivação legal, o Movimento Surdo foi e é fundamental para as conquistas alcançadas. No entanto, a luta do Movimento continua para que políticas linguísticas sejam concretizadas a partir das leis.


Palavras-chave

Libras; Movimento Surdo; Luta

Texto completo:

PDF