O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO DO SURDO

Reija Aparecida de Oliveira, Elaine da Silva

Resumo


 Este estudo faz uma reflexão sobre o processo de alfabetização e letramento dos surdos. A linguagem é o primeiro contato do ser humano com o mundo, como forma de mediação e como meio de engajá-lo na própria realidade. Por esse motivo, o professor deve propor metodologias que envolvam tanto a linguagem verbal quanto a não verbal. Diante do processo de alfabetização, conclui-se que o surdo não é alfabetizado como os demais ouvintes, mas passa por um processo que chamamos de “letramento”. Destaca-se nessa aprendizagem a importância da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), considerando-o bilinguismo.

Palavras-chave


Surdez; Linguagem; Letramento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/rt.v7i14.5785

Direitos autorais



Revista Trama

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN 1981-4674 

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Marechal Cândido Rondon 

Colegiado do Curso de Letras

Rua Pernambuco, 1777

Marechal Cândido Rondon - Paraná

Caixa Postal 91 - CEP: 85960-000

| trama.unioeste@gmail.com |