MOTIVOS RELACIONADOS À CONTINUIDADE DO ALEITAMENTO MATERNO: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Thaís Aparecida Tomiazzi, Gicelle Galvan Machineski

Resumo


Este estudo teve como objetivo compreender os motivos que interferem na continuidade do aleitamento materno. Para tanto, foi realizada uma revisão integrativa da literatura, tendo como base de dados a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), na qual buscou-se por artigos sobre o tema, publicados a partir de 2009. Os descritores para busca foram: Aleitamento Materno, Desmame e Aleitamento Materno Exclusivo. A partir da análise foram selecionados dezoito artigos, e foi possível organizar os mesmo em três categorias: Manutenção do Aleitamento Materno Exclusivo; Manutenção do Aleitamento Materno e Interferência de Crenças Culturais no Aleitamento Materno. Dessa forma, identificou-se que os motivos que prejudicam e favorecem a continuidade do Aleitamento Materno Exclusivo e o Aleitamento Materno são basicamente os mesmos, e estão relacionados entre si. Dentre esses, encontram-se: nível educacional, trabalho materno, número de filhos, idade materna, tipo de parto e uso de chupeta. Já na categoria Interferência de Crenças Culturais no Aleitamento Materno, os fatores são: morfologia da mama materna e uso de chás. A realização desta revisão integrativa de literatura possibilitou identificar que os profissionais da saúde necessitam de uma atenção reforçada ao lidar com puérperas e lactantes, buscando sanar as dúvidas das mães sobre o Aleitamento Materno, incentivando esta prática que é de suma importância para o desenvolvimento satisfatório da criança. 

Texto Completo: PDF

Revista Varia Scientia - Ciências da Saúde


e-ISSN 2446-8118

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revista.vscsaude@unioeste.br |

 

Sobre o Projeto SABER | Unioeste | IBICT