SOBREPESO E OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO EVENTO "MAIS SAÚDE: TODOS JUNTOS CONTRA A OBESIDADE"

Claudia Silveira Viera, Gicele Galvan Machineski, Miriam Nara Lopes, Pamela Talita Favil, Ana Claudia Ramos de Paula

Resumo

A obesidade e o sobrepeso são resultantes do processo de transição nutricional observado no Brasil. O desenvolvimento do sobrepeso e obesidade na infância pode estar relacionado com alterações metabólicas, doenças cardiovasculares e pulmonares, problemas ortopédicos, alterações psicológicas, além de aumentar o risco de alguns tipos de câncer na idade adulta. Objetiva-se identificar a prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes participantes do evento "Mais saúde: todos juntos contra a obesidade" no município de Cascavel-PR. Trata-se de um estudo descritivo e de caráter quantitativo realizado durante o evento, o qual buscou avaliar e orientar a população sobre as complicações da obesidade. Foram coletadas informações sobre idade e sexo; mensurados peso, altura e calculado o Índice de Massa Corporal (IMC). Foi verificada a pressão arterial e realizado teste de glicemia capilar. A maioria das crianças participantes foi do sexo feminino, de nove a onze anos, com IMC adequado para a idade. O nível pressórico oscilou entre 80 a 110/60mmHg e 90 a 120/70mmhg e a glicemia manteve-se entre níveis normais, variando de 66 a 87mg/dl. Na amostra, 51,86% dos meninos estavam sobrepeso e obesos. Entre as meninas, 53,85% apresentaram IMC adequado e 30,77% estava sobrepeso. Embora as doenças cardiovasculares apresentem seus sintomas em idades mais tardias, os fatores desencadeadores estão presentes na infância e adolescência. Assim, a identificação precoce de sobrepeso e/ou obesidade é uma ferramenta de trabalho fundamental para planejar a atenção a saúde desse grupo visando ações de prevenção dos agravos tardios.

Palavras-chave

Obesidade, sobrepeso, saúde da criança e do adolescente

Texto completo:

PDF