ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA DE PACIENTES OBESOS COM OSTEOARTROSE DE JOELHO: REVISÃO SISTEMÁTICA

Gustavo Kiyosen Nakayama, Marina Zílio

Resumo

Dados de 2014 trazem que a população mundial de obesos quase dobrou desde 1980 atingindo uma quantidade maior de mulheres em relação aos homens. A obesidade pode gerar consequências negativas para o aparelho locomotor apresentando-se como fator de risco estabelecido para o desenvolvimento da osteoartrose (OA), considerada uma doença articular potencialmente incapacitante. O estudo teve como objetivo analisar as modalidades fisioterapêuticas no tratamento de pacientes obesos com OA de joelho, através de uma revisão sistemática. Foi realizado uma revisão sistemática onde foram selecionados, através de dois pesquisadores independentes, ensaios clínicos randomizados nas bases de dados eletrônicas: PubMed, PEDro, Medline, Lilacs e Bireme, publicados no período de 2004 a 2014, com os descritores osteoartritis e obesity que tinham como amostra indivíduos com osteoartrose acima de 18 anos, IMC ≥28kg/m2, que realizassem qualquer forma de intervenção fisioterapêutica. Os artigos selecionados foram avaliados e pontuados segundo o Instrument to Measure the Likelihood of Bias in Pain Research Reports, após a seleção e pontuação os estudos foram analisados e comparados. Foram identificados através das 244 artigos sendo lidos todos os títulos e resumos. Foram considerados elegíveis 89 artigos, destes, 62 foram identificados em mais de uma busca, restando 27. Após a leitura detalhada foram excluídos 17 artigos por não se enquadrarem em um ou mais critérios de inclusão. Foram analisados 10 artigos. Todos os artigos realizaram exercício físico associado ou não a outras formas de intervenção. A perda de peso foi um dos fatores que demonstrou mais relação com a melhora da dor, do desempenho físico e da qualidade de vida. A atuação do fisioterapeuta tem sido voltada essencialmente para a perda de peso através de exercício físico programado. No entanto, os resultados mais expressivos são evidenciados quando a abordagem é multiprofissional, associando exercício físico ao acompanhamento nutricional.

Palavras-chave

Obesidade; Osteoartrose; Joelho.

Texto completo:

PDF