QUALIDADE DA ÁGUA DA NASCENTE SANGA FELIZ, MICROBACIA DO RIO PIONEIRO, MUNICÍPIO DE PALOTINA – PARANÁ

Francieli Helena Bernardi, Carla Limberger Lopes, Simone Damasceno Gomes

Resumo

A água é um dos mais importantes recursos naturais, imprescindível à vida e atividades humanas por suas funções no abastecimento público, industrial, agropecuário e na preservação da vida aquática (CORSON, 2002). O presente trabalho teve como objetivos analisar a qualidade da água da nascente e da Sanga Feliz por meio de análises químicas, físicas e microbiológicas. As amostras foram coletadas na nascente e em três pontos do percurso da Sanga Feliz, localizada em propriedade rural no município de Palotina. A coleta ocorreu 48 horas após chuva de 20 mm, na quarta semana do mês de agosto de 2009. As análises foram realizadas durante os meses de agosto e setembro do ano de 2009 nos laboratórios da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), no município de Cascavel, Paraná, conforme metodologias descritas no Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater (1998). Em relação aos parâmetros analisados, a água da nascente e do córrego Sanga Feliz encontram-se dentro dos valores exigidos pela resolução do CONAMA (357/2005). Nos parâmetros microbiológicos apenas o ponto 2, localizado próximo ao estábulo, apresenta elevado valor de coliformes totais, confirmando que a criação de animais próxima a área de preservação é um potencial poluidor das águas.

Palavras-chave

Recursos Hídricos, Poluição Ambiental, Propriedade Rural.