Revista do curso de educação física da Unioeste: análise da produção científica de 1999 a 2010

Autores

  • Robson Frank Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Angela Schone Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Anne Caroline Duarte Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Jalusa Andréia Storch Universidade Estadual campinas (Unicamp)
  • Willian Cavalli Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)
  • Douglas Roberto Borella Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Palavras-chave:

Educação Física, Artigos científicos, Análise.

Resumo


A produção científica é fundamental para a disseminação novos conhecimentos, para a impulsão da ciência, tecnologia e inovação nas diferentes áreas do conhecimento, sendo considerada concluída quando seus resultados são publicados, por meio dos periódicos ou outras fontes. Analisou-se a revista Caderno de Educação Física – estudos e reflexões, vinculada ao curso de Educação Física da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, no período de 1999 a 2010, buscando conhecer as características das publicações e as particularidades desta revista. O estudo analisou 143 artigos ao longo das 15 edições da revista. Os resultados apontaram para uma tendência de pesquisas vinculadas a escola e a saúde e qualidade de vida. Entretanto, pode-se destacar, de modo geral, que seus estudos vinham conduzidos por pequenos grupos de pessoas que publicam muitos artigos, sendo, de certa forma, limitante para o desenvolvimento da revista, propiciando pouca troca de saberes interdisciplinares. No decorrer dos seus 11 anos de publicação (1999 - 2010), houveram incrementos em diversos aspectos da revista, tais como a regularidade na emissão de suas produções científicas a partir do ano de 2008, as quais encontram-se atualmente disponíveis em edições semestrais na versão impressa e on-line, além do maior rigor nas revisões dos artigos aceitos por parte do corpo editorial, sendo um fato positivo para aumento em seu prestígio nacional. Com a avaliação de alguns fatores será possível alavancar ainda mais o prestígio da revista, mediante novos enfoques e olhares que envolvam o ser humano e a educação do movimento em seus diferentes campos do saber.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRÉ, M. Pesquisa em Educação: buscando rigor e qualidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 113, p. 51-64, jul., 2001.

BIOJONE, M.R. Os periódicos científicos na comunicação da ciência. São Paulo: Educ; Fapesp. 2003.

FAPESP. Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Dados e estatísticas sobre a FAPESP. São Pau¬lo: 2008. Disponível em <http://www.fapesp.br/materia/381/estatisticas/dados_e_estatisticas_sobre_a_fapesp. html>. Acesso em: jul. 2008.

FONSECA, C. O Anonimato e o texto antropológico: dilemas éticos e políticos da etnografia “em casa”. In: SCHUCH, P.; VIEIRA, M. S.; PETERS, R. (Org.). Experiências, dilemas e desafios do fazer etnográfico con¬temporâneo. Porto Alegre: Editora UFRGS. 2010. p. 205-227.

GOLDENBERG, S.; CASTRO, R. C. F.; AZEVEDO, F. R. M. Interpretação dos dados estatísticos da SciELO (Scien¬tific Eletronic Library Online). Acta Cirurgia Brasileira, São Paulo, v. 22, n. 1, p. 1-7, jan./fev., 2007.

JOB, I. Identificação das Revistas Científicas Brasileiras da área de Educação Física e Esportes. Caderno de Edu-cação Física, Marechal Cândido Rondon, v. 8, n. 14, p. 09-18, 2009.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de Pesquisa: Planejamento e Execução de Pesquisas, Amostra¬gens e Técnicas de Pesquisa, Elaboração, Análise e Interpretação de Dados. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MANZINI, E. J. Análise de artigos da Revista Brasileira de Educação Especial (1992 - 2002). Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 09, n. 1, p. 13-23, jan./jun., 2003.

OLIVEIRA, J. G. M.; BETTI, M.; OLIVEIRA, W.M. Educação física e o ensino de 1º grau: uma abordagem crítica. São Paulo, EPU, 1988.

MACRAE, E.; VIDAL, S. S. A Resolução 196/96 e a imposição do modelo biomédico na pesquisa social: dilemas éticos e metodológicos do antropólogo pesquisando o uso de substâncias psicoativas. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 49, n.2, p. 645-666, 2006.

MATTOS, M. G.; ROSSETTO JUNIOR, A. J.; BLECHER, S. Teoria e prática da metodologia da pesquisa em Educação Física. São Paulo: Phorte, 2004.

PONTE, V. M. R.; OLIVEIRA, M.C.; MOURA, H. J.; BARBOSA, J. V. Análise das Metodologias e Técnicas de Pesquisas Adotadas nos Estudos Brasileiros sobre Balanced Scorecard: um estudo dos artigos publicados no período de 1999 a 2006. In: 1. Congresso ANPCONT, 2007, Gramado. Anais... São Paulo : ANPCONT, 2007.

STIGGER, M. P.; FREITAS, M. V.; RYDZ, S.; MYSKIW, M. Revista Movimento: análise dos sentidos e da reper¬cussão de um periódico que “se faz” no campo da Educação Física Brasileira. Movimento, Porto Alegre, v. 16, n. esp, p. 113-154, 2010.

TANI, G. Educação física: por uma política de publicação visando à qualidade dos periódicos. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 29, n. 1, p.9-22, 2007.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; SILVERMAN, S. J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6. ed. Porto Ale¬gre: Artmed, 2012.

TINÓS, L. M. S.; CASTRO, S. F. Cadernos de Educação Especial a Revista Educação Especial: uma análise dos últimos 5 anos (2002 - 2006). Revista Educação Especial, Santa Maria, n. 30, 2007.

Downloads

Publicado

28-09-2013

Como Citar

FRANK, R.; SCHONE, A.; DUARTE, A. C.; STORCH, J. A.; CAVALLI, W.; BORELLA, D. R. Revista do curso de educação física da Unioeste: análise da produção científica de 1999 a 2010. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 11, n. 1, p. 11–24, 2013. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/7844. Acesso em: 1 dez. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)