Efeitos do treinamento resistido na redução do percentual de gordura corporal em adultos: uma revisão de literatura

Autores

  • Gracieli Grahl
  • Jahn Thobias Noamann
  • Renan Hartmann Nunes
  • Lucinar Jupir Forner Flores

Palavras-chave:

Treinamento de resistência, Composição corporal, Obesidade.

Resumo


O presente estudo caracterizou-se como uma pesquisa bibliográfica e teve por objetivo verificar na literatura atual os efeitos do treinamento resistido (TR) /musculação na redução do percentual de gordura corporal em adultos com sobrepeso ou obesidade. Para tanto, foram apresentados também os aspectos teóricos, práticos e características do TR, bem como verificar se o TR produz efeitos sobre fatores como percentual de gordura corporal, massa corporal e massa magra. Verificou-se que o TR vem ganhando credibilidade por parte da população, sendo indicado para os mais variados públicos com os mais variados objetivos. Desta forma, têm-se estudado sua indicação no tratamento da obesidade e do sobrepeso, pois ao elevar o aumento do metabolismo de repouso e do aumento da massa corporal magra, têm se a probabilidade de diminuição do percentual de gordura corporal. Portando, infere-se que o TR se apresenta como uma boa alternativa para programas de exercícios físicos com objetivo de controle do sobrepeso e a obesidade, apresentando-se tanto na prevenção destas situações quanto no seu tratamento, pois alterou o percentual de gordura corporal de forma benéfica, na literatura analisada.AbstractThe present study was characterized as a literature and aimed at assessing the current literature about the effects of resistance training (RT) / weight in reducing body fat percentage in adults with overweight or obesity. Thus, we also presented the theoretical aspects, and practical features of the RT and verify that the effect of RT factors such as body fat percentage, body mass and lean mass. It was found that the RT, being nominated for various stakeholders with different objectives. Thus, they have been studying its indication in the treatment of obesity and overweight, because to raise the increase in resting metabolism and increase lean body mass, is likely to have decreased body fat percentage. Porting, it is inferred that the RT is presented as a good alternative to physical exercise programs in order to control overweight and obesity, presenting both preventing these situations and in their treatment changed because the percentage of body fat beneficial, the literature analyzed.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACSM. American College of Sports Medicine. Progression Models in Resistance Training for Healthy Adults. Medicine & Science in Sports & Exercise, Indianapolis, v. 41, n. 3, p. 687-708, mar., 2009.

AZEVEDO, P.H.S.M; DEMAMPRA, T.H; OLIVEIRA, G.P.; BALDISSERRA, V.; BÜRGER-MENDONÇA, M.; MARQUES, A.T.; OLIVEIRA, J. C.; PEREZ, S.E.A. Efeito de 4 semanas de treinamento resistido de alta intensidade e baixo volume na força máxima, endurance muscular e composição muscular de mulheres moderadamente treinadas. Brazilian Journal of Biomotricity, Bauru, v. 1, n. 3, p. 76-85, ago., 2007.

BALSAMO, S.; SIMÃO, R. Treinamento de força para osteoporose, fibromialgia, diabetes tipo 2, artrite reumatóide e envelhecimento. 2. ed. São Paulo: Phorte, 2007.

BRAY, G. A. Pathophysiology of obesity. American Journal of Clinical Nutrition, Bethesda, v. 55, n. 2, p. 488S-494S, feb., 1992.

CAMPOS, M. A. Musculação: diabéticos, osteoporóticos, idosos, crianças, obesos. 4. ed. Rio de Janeiro: Sprint, 2008.

ELBAS, M.; SIMÃO, R. Em busca do corpo: exercícios, alimentação e lesões. Rio de Janeiro: Shape, 1997.

ESCRIVÃO, M. A. M. S.; OLIVEIRA, F. L. C. Diagnóstico clínico e laboratorial. In: NÓBREGA, F. J. Distúrbios da nutrição: na infância e na adolescência. 2. ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2007.

FAGUNDES, A. L. N.; RIBEIRO, D. C.; NASPITZ, L.; GARBELINI, L. E. B.; VIEIRA, J. K. P.; SILVA, A. P.; LIMA, V. O.; FAGUNDES, D. J.; COMPRI, P. C.; JULIANO, Y. Prevalência do sobrepeso e obesidade em escolares da região de Parelheiros do Município de São Paulo. Revista Paulista de Pediatria, São Paulo, v. 26, n. 3, p. 212-217, abr., 2008.

FARRET, J. F. Nutrição e doenças cardiovasculares: prevenção primária e secundária. São Paulo: Atheneu, 2005.

FERNANDEZ, A. C.; MELLO, M. D.; TUFIK, S.; CASTRO, P. D.; FISBERG, M. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Niterói, v. 10, n. 3, p. 152-158, mai./jun., 2004.

FISBERG, M. Obesidade na infância e adolescência. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 20, supl., n. 5, p. 163-164, set., 2006.

FLECK, S. J.; KRAEMER, W. J. Fundamentos do treinamento de força muscular. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

GUEDES, D. P.; GUEDES, J. E. R. P. Manual prático para avaliação em educação física. Barueri: Manole, 2006.

GLANER, M. F. Importância da aptidão física relacionada à saúde. Revista Brasileria de Cineantropometria& Desempenho Humano, Florianópolis, v. 5, n. 2, p. 75-85, 2003.

LIMA, V. A. L; MASCARENHAS, L. P. G; GRZELCZAK; M. T., FRANCA, S. N. A influencia do treinamento resistido e aeróbio em forma de circuit training no controle glicêmico do diabetes tipo I: estudo de caso. Revista Uniandrade, Curitiba, v. 13, n. 3, p. 248-257, dez., 2012.

DE LORENZI, D. R. S.; BASSO, E.; FAGUNDES, P. D. O.; SACILOTO, B. Prevalência de sobrepeso e obesidade no climatério. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Caxias do Sul, v. 27, n. 8, p. 479-484, set., 2005.

MENDES, C. M. L.; CUNHA, R. C. L. As novas tecnologias e suas influencias na prática de atividade física e no sedentarismo. Revista interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia, Juazeiro do Norte, v. 1, n. 3, s/p, jun., 2013.

NAHAS, M. V. Obesidade, controle de peso e atividade física. Londrina: Midiograf, 1999.

OLIVEIRA, L. H.; ALMEIDA, P. Obesidade: Aspectos gerais dos fatores, tratamento e prevenção. Caderno de Ciências da saúde, Guarapuava, v. 4, n. 2, p. 34-46., dez., 2012.

OLSZEWER, E. Visão da prática ortomolecular na obesidade. São Paulo: Multimídia, 2008.

PINHEIRO, A. R. O.; FREITAS, S. F. T.; CORSO, A. C. T. Uma abordagem epidemiológica da obesidade. Revista de Nutrição, Campinas, v. 17, n. 4, p. 523-533, out./dez., 2004.

REPETTO, G.; RIZZOLI, J.; BONATTO, C. Prevalência, Riscos e Soluções na Obesidade e Sobrepeso: Her, There, and Everywhere. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, Porto Alegre, v. 47, n. 6, p. 633-635, dez., 2003.

SANCHES, W. D.; TUMELERO, S. Incidência de sobrepeso e obesidade hereditária. Revista Digital EFDeportes. Buenos Aires, a. 11, n. 105, abr., 2007. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd105/incidencia-de-sobrepeso-e-obesidade-hereditaria.htm. Acessado em 20 de Julho de 2013.

SIMÃO, R. Fisiologia e prescrição de exercícios para grupos especiais. 2 ed. Rio de Janeiro: Phorte, 2007.

SCUSSOLIN, T. R.; NAVARRO, A. C. Musculação, uma alternativa válida no tratamento da obesidade. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, v. 1, n. 6, p. 74-83, nov./dez., 2007.

TARDIDO, A. P.; FALCÃO, M. C. O impacto da modernização na transição nutricional e obesidade. Revista Brasileira de Nutrição Clínica, São Paulo, v. 21, n. 6, p. 117-124, abr., 2006.

TROMBETTA, I. C.; BATALHA, L. T.; HALPERN, A. Exercício e Obesidade. In: NEGRÃO, C. E.; BARRETTO, A, C. P. (Ed.) Cardiologia do Exercício: do atleta ao cardiopata. Barueri: Manole, 2005.

VELÁSQUEZ-MELÉNDEZ, G.; PIMENTA, A. M.; KAC, G. Epidemiologia do sobrepeso e da obesidade e seus fatores determinantes em Belo Horizonte: estudo transversal de base populacional. Revista Panamericana de Salud Pública, Belo Horizonte, v. 6, n. 5, p. 308-314, mai., 2004.

Downloads

Publicado

06-02-2014

Como Citar

GRAHL, G.; NOAMANN, J. T.; NUNES, R. H.; FLORES, L. J. F. Efeitos do treinamento resistido na redução do percentual de gordura corporal em adultos: uma revisão de literatura. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 11, n. 2, p. 69–77, 2014. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/8436. Acesso em: 7 dez. 2021.