Literatura Brasileira na década de 80: a narrativa brutalista e a democratização

Autores

  • Daiane Cristina Massirer Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Márcia Elaini Luft UNIOESTE
  • Lenir Portz UNIOESTE

Palavras-chave:

literatura brasileira contemporânea, década de 80, narrativa brutalista

Resumo


Esta resenha temática tem como objetivo apresentar, de maneira geral, um panorama da literatura brasileira contemporânea, em especial ao período da década de 80, ou seja, a narrativa brutalista e a redemocratização que ocorre neste momento histórico. O trabalho foi dividido em três etapas, começando com um relato do cenário da violência urbana, após um dos principais autores da década de 80 que retratou de maneira chocante, porém real, a situação a qual o país se encontrava após a urbanização, ocorrendo um impacto na literatura e, por último, uma análise breve do conto “Feliz Ano Novo” de Rubem Fonseca, no qual se revelam de maneira explícita as disparidades sociais e como os indivíduos se percebem neste contexto.

Downloads

Publicado

27-11-2018

Como Citar

MASSIRER, D. C.; LUFT, M. E.; PORTZ, L. Literatura Brasileira na década de 80: a narrativa brutalista e a democratização. Ensaio - Revista de Divulgação Científica, Teste, v. 1, n. 1, 2018. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ensaio/article/view/18501. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Panorama da Literatura Brasileira Contemporânea