Provetá: a Assembleia, em um lugar de Deus

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v28i55.28018

Palavras-chave:

Provetá, Lugar, Ser assembleiano, Outro.

Resumo


É trivial ouvirmos, nas ruas das cidades, as pessoas conversando sobre aqueles que são crentes. A denominação de crente no Brasil possui um caráter genérico e está associada aos sujeitos praticantes das religiões cristãs protestantes. Em sentido conotativo, o crente seria aquele que crê, mas, no sentido denotativo, são os cristãos protestantes. Desse modo, este artigo busca para além da discussão acerca do sagrado e do profano na Vila de Provetá, localizada na Ilha Grande no município de Angra dos Reis-Rio de Janeiro, abordar como a denominação Assembleia de Deus se estabeleceu por lá, como ela consolidou suas ideologias e práticas religiosas vinculadas ao cristianismo protestante e, sobretudo, como ressignificou a Vila como um lugar sagrado, polarizando os mais diferentes aspectos sociais.

 

Biografia do Autor

Nelson Cortes Pacheco Junior, CRELIG (UFRRJ), NEPEC (UERJ) e Geo.Con (UFF)

Mestre em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Pesquisador do CRELIG (UFRRJ), do NEPEC em Rede (UERJ) e do Geo.Con (UFF).

Antonio Bernardes

Pós Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP – Presidente Prudente). Docente do Programa de Pós-graduação em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (UNICAMP), do Programa de Pós-graduação em Geografia (UFSCar - SP) e da Graduação em Geografia (UFF - Angra dos Reis – RJ). Pesquisador do NEPEC em Rede (UERJ), do LAGERR (UNICAMP - Limeira) e do Geo.Con (UFF).

Felipe Rodrigues de Almeida Maia

Graduado em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (UFF - Angra dos Reis – RJ).

Downloads

Publicado

24-08-2021

Como Citar

PACHECO JUNIOR, N. C.; BERNARDES, A.; MAIA, F. R. de A. Provetá: a Assembleia, em um lugar de Deus. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 28, n. 55, p. 55–66, 2021. DOI: 10.48075/rtc.v28i55.28018. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/28018. Acesso em: 19 ago. 2022.