Giras on-line: Umbanda reconfigurada

Autores

  • Maurício Ferreira Santana ..

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v28i55.28039

Palavras-chave:

Umbanda, reconfiguração religiosa, espaço sagrado, YouTube.

Resumo


O momento de crise causado pela pandemia de coronavírus (COVID-19) no início do ano de 2020 implicou um deslocamento da prática religiosa do espaço físico para o espaço virtual. A solução encontrada por pais e mães de santo foi adotar o recurso tecnológico das redes sociais para executarem a prática litúrgica (giras de Umbanda) em formato on-line, através de lives, devido à impossibilidade de abertura dos terreiros à egrégora, parcial ou totalmente. Partindo do pressuposto de que a Umbanda é um processo comunicacional caracterizado pela tríade “entidade/médium/consulente”, observa-se, através da análise de vídeos de giras on-line disponibilizados na plataforma YouTube, uma experiência diferenciada na questão da religiosidade, interação e incorporação (com base teórica em Mircea Eliade, Muniz Sodré e Luís Mauro Sá Martino), pois o espaço sagrado, ao mesmo tempo palco litúrgico, fragmenta-se para também surgir para o espectador, no espaço virtual e acaba por reconfigurar aspectos comunicacionais e basilares da religião.

Biografia do Autor

Maurício Ferreira Santana, ..

Doutorando em Comunicação pela Universidade Tuiuti do Paraná; mestre em Teoria Literária pela Uniandrade – PR; especialista em Gestão da Informação pela FESP-PR (2002) e em Comunicação, Cultura e Arte pela PUC-PR; graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Paraná (1997).

Downloads

Publicado

25-08-2021

Como Citar

SANTANA, M. F. Giras on-line: Umbanda reconfigurada. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 28, n. 55, p. 109–121, 2021. DOI: 10.48075/rtc.v28i55.28039. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/28039. Acesso em: 24 jan. 2022.