A LITERATURA KAFKIANA E A PERCEPÇÃO DO MUNDO MODERNO

Autores

  • Beatriz Wey
  • Igor Ferraz

DOI:

https://doi.org/10.48075/rtc.v19i38.9694

Palavras-chave:

literatura, modernidade, Kafka, capitalismo.

Resumo


Este artigo visa identificar nos contos “A Metamorfose”, “O Veredicto” e “O Artistada Fome” de Franz Kafka, um dos maiores expoentes da literatura universal, traçosfundamentais do mundo moderno apresentado a partir das primeiras décadas do século XX.Embora toda obra do autor seja de grande importância para tratarmos da modernidade, oscontos destacados revelam a capacidade de Kafka de dialogar com as questões pertinentes aosistema capitalista e seu reflexo na vida ordinária, do cidadão comum. Ao fazê-lo, revela ummundo em ruínas, desprovido de uma ilusão humanista, em que os personagens centrais nãosão mais heróis, mas sim estão fadados a morte e ao esquecimento. Pessimismo e ironiadefinem seu olhar sobre a individualidade dentro da lógica capitalista.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

WEY, B.; FERRAZ, I. A LITERATURA KAFKIANA E A PERCEPÇÃO DO MUNDO MODERNO. Tempo da Ciência, [S. l.], v. 19, n. 38, p. 159–174, 2000. DOI: 10.48075/rtc.v19i38.9694. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/tempodaciencia/article/view/9694. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos