ANÁLISE DE MACROESTRUTURAS SINTÁTICO-SEMÂNTICAS GERADAS PELO PREDICADO NOMINAL

Autores

  • Sanimar Busse Universidade Estadual do Oeste do Paraná, câmpus de Cascavel

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v13i30.15460

Palavras-chave:

Escrita, texto, argumentação.

Resumo


Apresenta-se neste texto um roteiro de análise na tentativa de identificar estruturas que comandam o processo de argumentação no interior do enunciado. Pretende-se verificar como se organizam os processos textuais a partir da relação entre predicado nominal e as estruturas sintáticas que o ladeiam. A transposição teórica pretendida, dada no nível da frase e especificamente instaurada no léxico do verbo, é orientada para o nível macrotextual, em que o predicado nominal mostra-se nuclear, criando, porém, um ambiente para a dimensão definida com referência ao texto. Transpondo a proposição do autor, que se pauta basicamente em operadores argumentativos, entende-se que a relação núcleo e seus ladeadores representa uma pista que, de um lado, assegura os intentos do produtor do texto, e, de outro, direciona a interpretação do interlocutor. Portanto, o ato de asseveração fica na dependência das intenções do produtor do texto e revela-se por meio de estruturas sintáticas macrotextualmente definidas.

Downloads

Publicado

20-10-2017

Como Citar

BUSSE, S. ANÁLISE DE MACROESTRUTURAS SINTÁTICO-SEMÂNTICAS GERADAS PELO PREDICADO NOMINAL. Trama, [S. l.], v. 13, n. 30, p. 231–248, 2017. DOI: 10.48075/rt.v13i30.15460. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/15460. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Temas Livre