VARIAÇÂO NA CONCORDÂNCIA VERBAL NO FALAR BRASILEIRO: APONTAMETOS ACERCA DA ATUAÇÃO DE FATORES LINGUÍSTICOS E SOCIAIS

Autores

  • Maria Lidiane de Sousa Pereira

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v13i30.16289

Palavras-chave:

Concordância verbal, fatores linguísticos, fatores sociais.

Resumo


Este trabalho trata da variação na concordância verbal (CV) com a 3ª pessoa do plural (3PP) no falar brasileiro. Nosso objetivo é observar e discutir a atuação dos fatores linguísticos e sociais que mais têm interferido na realização de um dos fenômenos de variação linguística mais recorrentes no português do Brasil (PB). Para tanto, selecionamos uma série de estudos sobre o fenômeno em tela desenvolvidos com base na Sociolinguística variacionista. A partir disso, observamos os grupos de fatores linguísticos e sociais que mais se destacam quanto à manutenção e/ou queda das marcas de CV com a 3PP. Os resultados deste artigo indicam que fatores linguísticos como saliência fônica, traço humano do sujeito e fatores sociais como sexo, faixa etária e escolaridade exercem forte influência sobre a realização variável da CV com a 3PP em diferentes variedades do PB.

 

Downloads

Publicado

20-10-2017

Como Citar

DE SOUSA PEREIRA, M. L. VARIAÇÂO NA CONCORDÂNCIA VERBAL NO FALAR BRASILEIRO: APONTAMETOS ACERCA DA ATUAÇÃO DE FATORES LINGUÍSTICOS E SOCIAIS. Trama, [S. l.], v. 13, n. 30, p. 212–230, 2017. DOI: 10.48075/rt.v13i30.16289. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/16289. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Temas Livre