GOETHE: POETA E PSICANALISTA

Autores

  • Ana Rosa Gonçalves De Paula Guimaraes Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Franca (2009), licenciatura plena em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, pelo Centro Universitário Municipal de Franca (2011), especialista em Saúde Pública, pela Universidade de Franca (2011). Mestre em Psicologia, com ênfase em Psicanálise e Cultura, pela Universidade Federal de Uberlândia. Artigos publicados, participações em Congressos e Simpósios. Interesses de atuação nas seguintes áreas: Psicologia Clínica e Social, pesquisa em Psicanálise e Literatura.

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v13i30.16762

Palavras-chave:

Goethe, psicanálise, romantismo, dualismos, subjetividade.

Resumo


 

O presente estudo objetiva evidenciar por quais maneiras o poeta pré-romântico alemão, Johann Wolfgang von Goethe influenciou os posteriores escritores do Romantismo, como também ensejou temas próprios à psicanálise fundada por Freud. Para isso, será feita uma breve descrição do Romantismo Alemão, para, posteriormente, analisar a construção do sujeito; o valor das vivências subjetivas; aos dualismos psíquicos e aos fenômenos de natureza inconsciente – tendo como eixo a questão de que Goethe foi psicanalista e/ou Freud foi romântico.

 

Biografia do Autor

Ana Rosa Gonçalves De Paula Guimaraes, Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Franca (2009), licenciatura plena em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, pelo Centro Universitário Municipal de Franca (2011), especialista em Saúde Pública, pela Universidade de Franca (2011). Mestre em Psicologia, com ênfase em Psicanálise e Cultura, pela Universidade Federal de Uberlândia. Artigos publicados, participações em Congressos e Simpósios. Interesses de atuação nas seguintes áreas: Psicologia Clínica e Social, pesquisa em Psicanálise e Literatura.

1. GUIMARÃES, A. R. G. P.. Amor, dor e gozo: sobre as manifestações culturais da tristeza, da melancolia e da depressão. Leitura Flutuante, v. 8, p. 13-31, 2016.2. GUIMARÃES, A. R. G. P.. O modo de funcionamento mental na sociedade hipermoderna. Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, v. 18, p. 115-134, 2016.3. GUIMARÃES, A. R. G. P.. O leitor e a leitura literária subjetiva: processos receptivos, emancipados e performáticos. Travessias (UNIOESTE. Online), v. 10, p. 45-58, 2016.4. GUIMARÃES, A. R. G. P.. As melancolias e as depressões: o biopoder, as produções de sentido e de discursos. Cadernos de Psicanálise (Círculo Psicanalítico/RJ), v. 38, p. 93-111, 2016.5. GUIMARAES, ANA ROSA GONÇALVES DE PAULA; PRÓCHNO, CAIO CÉSAR SOUZA CAMARGO . O homem romântico: o homem psicanalítico. Via Atlântica (USP), v. 2016, p. 429-446, 2016.6. GUIMARÃES, A. R. G. P.. Os elementos ultrarromânticos em Soares de Passos e em Álvares de Azevedo. Linguagens & Letramentos, v. 1, p. 1-19, 2016.

Downloads

Publicado

20-10-2017

Como Citar

GUIMARAES, A. R. G. D. P. GOETHE: POETA E PSICANALISTA. Trama, [S. l.], v. 13, n. 30, p. 59–76, 2017. DOI: 10.48075/rt.v13i30.16762. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/16762. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Temas Livre