PECULIARIDADES NA ESCRITA DA CRIANÇA SURDA

Autores

  • Antonio Carlos Santana de SOUZA UEMS; PPGL - UNEMAT; PPGEL - UFMT; CAPES https://orcid.org/0000-0003-4757-635X
  • Alessandra Figueiredo Kraus PASSOS PPGL - UNEMAT (Cáceres)
  • Wellington Pedrosa QUINTINO PPGL UNEMAT (Cáceres)

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v14i32.18718

Palavras-chave:

Língua Brasileira de Sinais, surdez, aquisição da escrita.

Resumo


O presente artigo propõe uma análise de textos escritos por crianças surdas, em fase de aprendizagem da escrita da língua portuguesa. Para realização de análises das produções textuais, escritos por essas crianças, foram realizadas duas coletas de escrita de produções textuais apresentadas em Libras. Os resultados apontaram para a constatação de que, a criança surda que não tem o contato com sua língua natural (Libras) desde o seu nascimento, apresenta dificuldades no processo de aprendizagem de uma segunda língua e por consequência: a escrita da mesma. Logo, essa aquisição implicará em características particulares manifestadas na escrita de crianças surdas. Os seguintes critérios: espaçamento entre as palavras, ausência de artigos, pronomes, conjunções e as combinações de diferentes letras (vogais e consoantes), tornam a escrita do surdo, em processo de aquisição, um diferencial exclusivo da escrita dessas pessoas.


Biografia do Autor

Antonio Carlos Santana de SOUZA, UEMS; PPGL - UNEMAT; PPGEL - UFMT; CAPES

Bolsista de Estágio Pós Doutoral UFMT - CAPES/PNPD. Pós-Doutor em Linguística pela UNEMAT. Doutor em Letras pela UFGRS (2015). Mestrado em Linguística pela Universidade de São Paulo (2000). Possui graduação - Bacharelado e Licenciatura em Letras (Português/Hebraico e Respectivas Literaturas) pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é pesquisador do GELA do Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP e do Alma Linguae: Variação e Contatos de Línguas Minoritárias do Instituto de Letras da UFRGS. Professor Adjunto da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Docente do Programa de Pós-graduação (Mestrado Acadêmico em Letras e PROFLETRAS) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Líder do Núcleo de Pesquisa e Estudos Sociolinguístico, Dialetológicos e Discursivos do CNPq (NUPESDD-UEMS) e do Laboratório Sociolinguístico de Línguas Não-Indo-europeias e Multilinguismo do CNPq (LALIMU). Avaliador de Cursos do INEP/MEC. Experiência na área de Linguística, com ênfase em Sociolinguística e Dialetologia, atuando principalmente nos seguintes temas: português falado; contatos linguísticos; linguística geral e diversidade sócio-cultural.

Alessandra Figueiredo Kraus PASSOS, PPGL - UNEMAT (Cáceres)

Mestre e Doutoranda em Linguística PPGL - UNEMAT (Cáceres)

Wellington Pedrosa QUINTINO, PPGL UNEMAT (Cáceres)

Docente PPGL UNEMAT (Cáceres)

Downloads

Publicado

29-06-2018

Como Citar

SOUZA, A. C. S. de; PASSOS, A. F. K.; QUINTINO, W. P. PECULIARIDADES NA ESCRITA DA CRIANÇA SURDA. Trama, [S. l.], v. 14, n. 32, p. 87–93, 2018. DOI: 10.48075/rt.v14i32.18718. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/18718. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Língua Brasileira de Sinais: descrição linguística, formação profissional e educação bilíngue