ESTRATÉGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS COMO SEGUNDA LÍNGUA

Autores

  • Elidéa Lúcia Almeida BERNARDINO Faculdade de Letras/UFMG Núcleo de Estudos de Libras, Surdez e Bilinguismo - NELiS
  • Maria Cristina da Cunha PEREIRA Pontífícia Universidade Católica de São Paulo
  • Rosana PASSOS Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v14i32.19354

Palavras-chave:

Abordagens de ensino, estratégias de ensino de segunda língua, Língua Brasileira de Sinais - Libras

Resumo


Este artigo versa sobre estratégias de ensino da Língua Brasileira de Sinais - Libras. Inicialmente, apresenta-se um breve histórico sobre o ensino de Libras, iniciado em meados da década de 1980 indo até os dias atuais. A seguir, são retratadas as perspectivas teóricas relativas ao ensino de segunda língua de uma forma geral, com ênfase na pedagogia pós-métodos, de Kumaravadivelu (2003), que surge em resposta à insatisfação dos professores com métodos baseados em conceitos e contextos idealizados, não visualizando situações reais de sala de aula. Na sequência, são apresentados os principais métodos utilizados no ensino da Libras, ilustrados com experiência das autoras. Nas considerações finais são apresentadas algumas tendências, que vêm sendo empregadas no ensino de Libras.

Biografia do Autor

Elidéa Lúcia Almeida BERNARDINO, Faculdade de Letras/UFMG Núcleo de Estudos de Libras, Surdez e Bilinguismo - NELiS

Faculdade de Letras

Núcleo de Estudos de Libras, Surdez e Bilinguismo

Downloads

Publicado

29-06-2018

Como Citar

BERNARDINO, E. L. A.; PEREIRA, M. C. da C.; PASSOS, R. ESTRATÉGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS COMO SEGUNDA LÍNGUA. Trama, [S. l.], v. 14, n. 32, p. 27–39, 2018. DOI: 10.48075/rt.v14i32.19354. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/19354. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Língua Brasileira de Sinais: descrição linguística, formação profissional e educação bilíngue