A CRÔNICA BRASILEIRA E A INTERNET: O ONTEM E O HOJE

Autores

  • Luis Eduardo Veloso GARCIA Doutor pela Unesp/Araraquara Professor da Uenp/Jacarezinho

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v16i38.23890

Palavras-chave:

Crônica brasileira, Literatura contemporânea brasileira, Suportes

Resumo


O artigo em questão procurará apresentar um quadro amplo sobre a crônica brasileira contemporânea através de sua recepção dentro da Internet nas três últimas décadas, que compreendem o período de popularização e confirmação dessa tecnologia comunicacional, tanto em seu “ontem” (os primórdios da web e o desenvolvimento de novas percepções entre os anos de 1990 e 2010) quanto o seu “hoje” (o olhar para o tempo presente e as possíveis alterações no decorrer dessas décadas). Inicialmente, será abordado o modo como ocorreu a transposição deste gênero legitimamente fundado no jornal para as plataformas digitais, observando o que chamamos de “ontem” da Internet. Entre os destaques, veremos a concepção da crônica nos jornais e revistas em suas versões onlines, as correntes de e-mails, os populares blogs (e a força das “blônicas”) e as redes sociais. Na sequência, intencionamos apresentar como ocorre a recepção do gênero no tempo presente, apontando as alterações que o “hoje” carrega dos primórdios da crônica dentro da Internet, principalmente na passagem da tecnologia de Web 1.0 para Web 2.0. Nosso trabalho, portanto, analisa o quanto um gênero tão popular em nossa literatura como é a crônica pode ter a capacidade de se adaptar da passagem dos suportes impressos para os suportes digitais, continuando a ser extremamente relevante dentro da sociedade brasileira nos dias atuais. 

Referências

ARRIGUCCI Jr., D. 1987. Fragmentos sobre a crônica. In: ________. Enigma e Comentário. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p. 51-66.

ARRUDA, Felipe. 20 Anos de Internet no Brasil: aonde chegamos? Portal Tecmundo. Disponível em: http://www.tecmundo.com.br/internet/8949-20-anos-de-internet-nobrasil-aonde-chegamos-.htm. Acesso em: 10 nov. 2019.

BOTTER, Nelson. Apresentação. In: ________ (Org.). Blônicas. São Paulo: Jaboticaba, 2005.

BOYD, Danah; ELLISON, Nicole. Social network sites: definitions, history, and scholarship. Journal of Computer-Mediated Communication, 13 (1), 11, 2007.

BRUNNER, Diogo. Autoficção: quais os limites do eu. Disponível em: http://lounge.obviousmag.org/ao_sul_de_lugar_nenhum/2013/10/autoficcao-quais-os-limites-do-eu.html. Acesso em: 10 nov. 2019.

CALDAS, Aulete. Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa: Dicionário Caldas Aulete, versão online. Disponível em: http://www.aulete.com.br/ acesso em: 10 nov. 2019.

CANDIDO, Antonio. A vida ao rés-do-chão. In: Candido, Antonio (et al). A crônica: o gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas: Ed. Unicamp; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1992. p. 13-22.

COSTA, Caio Tulio. Rumos do Jornalismo. Pesquisa Fapesp, nº 220, junho de 2014, p. 82-85.

DUVIVIER, Gregorio. Caviar é uma Ova. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

HOUAISS, Instituto Antonio. Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa: Versão 3.0. São Paulo: Objetiva, 2009.

INSTITUTO VERIFICADOR DE COMUNICAÇÃO (IVC). Dados da Pesquisa. Disponível em: https://www.ivcbrasil.org.br/#/home . Acesso em: 10 nov. 2019.

PEREIRA, Luis Fernando da Rocha. O adiantado do minuto: a Internet e os novos rumos do Jornalismo. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/pereira-luis-novos-rumos-do-jornalismo.pdf Acesso em: 10 nov. 2019.

PRATA, Antonio. A Internet fez a crônica reviver... Folha de São Paulo, São Paulo, online, 9 set. 2014.

RIBEIRO, José Carlos; AYRES, Marcel. Breves comentários sobre a Análise de Conversações em sites. PORTO, Cristiane; SANTOS, Edméa (Orgs.). Facebook e educação: publicar, curtir, compartilhar. Campina Grande: Eduepb, 2014.

SANTOS, Joaquim Ferreira dos. Introdução. In: ________ (Org.). As cem melhores Crônicas Brasileiras. Rio de Janeiro: Objetiva, 2007.

SCHITTINE, Denise. Blog: Comunicação e escrita íntima na Internet. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

SCHOLLHAMMER, K.E. Ficção Brasileira Contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

Recebido em 10-01-2020 | Aceito em 04-05-2020

Biografia do Autor

Luis Eduardo Veloso GARCIA, Doutor pela Unesp/Araraquara Professor da Uenp/Jacarezinho

Entre os principais títulos de minha formação, possuo graduação em Letras/Francês (2008) e pós-graduação em Estudos Linguísticos e Literários (2010) pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), mestrado em Estudos Literários (2013) pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), e doutorado em Estudos Literários pela UNESP/Araraquara. Atualmente, leciono disciplinas relacionadas a área da Literatura nos cursos de Letras da Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Downloads

Publicado

08-06-2020

Como Citar

GARCIA, L. E. V. A CRÔNICA BRASILEIRA E A INTERNET: O ONTEM E O HOJE. Trama, [S. l.], v. 16, n. 38, p. 99 108, 2020. DOI: 10.48075/rt.v16i38.23890. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/23890. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Literatura Brasileira Contemporânea: desafios e perspectivas