A INFLUÊNCIA DO LUSO-TROPICALISMO NA LITERATURA COLONIAL PORTUGUESA DA DÉCADA DE 60: MITO OU REALIDADE?

Autores

  • Sandra I. Souza

DOI:

https://doi.org/10.48075/rt.v9i17.8211

Palavras-chave:

Literatura colonial, luso-tropicalismo, miscigenação

Resumo


Este artigo centra-se na análise do romance colonial Muende de Rodrigues Júnior tentando perceber como, e se, os escritores desta época adoptam a visão freyriana nas suas obras de acordo com a sua apropriação pelo governo do Estado Novo como a sua ideologia oficial. Tópicos apresentados na obra de ficção aqui analisada — como o papel da mulher africana no contexto da vida do colonizador, a cafrealização do homem branco, a miscigenação — serão tidos em causa. 

Downloads

Publicado

28-05-2013

Como Citar

I. SOUZA, S. A INFLUÊNCIA DO LUSO-TROPICALISMO NA LITERATURA COLONIAL PORTUGUESA DA DÉCADA DE 60: MITO OU REALIDADE?. Trama, [S. l.], v. 9, n. 17, p. 153–165, 2013. DOI: 10.48075/rt.v9i17.8211. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/trama/article/view/8211. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

ARTIGO