EFEITO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE RABANETES VIA FERTIRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO

Cristiane Ferrari Bezerra Santos, Cristiane Dalagua Paier, Michele Da Silva Gomes, Guilherme Augusto Biscaro

Resumo


A aplicação de nitrogênio via fertirrigação reduz o tempo de chegada do fertilizante às raízes da planta e potencializa a máxima interceptação pelo sistema radicular.  Contudo, há necessidade do estudo da nutrição mineral na cultura do rabanete em relação à adubação nitrogenada e o efeito desta na produção e qualidade dos tubérculos. Objetivou-se avaliar o efeito de doses de nitrogênio na produção e qualidade de rabanetes bem como sobre o índice de clorofila e nitrogênio na planta. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com seis tratamentos (0, 30, 60, 90, 120 e 150 kg ha-1 de N) e seis repetições. As diferentes doses de adubação nitrogenada não influenciaram significativamente números de folhas, altura de planta, diâmetro de tubérculo, massa fresca de raízes comerciais e nitrogênio total na planta. Doses crescentes de nitrogênio não influenciam os parâmetros números de folhas, altura de planta, diâmetro de tubérculo, massa fresca de raízes comerciais e nitrogênio total na planta no cultivo de rabanetes. A porcentagem de tubérculos não comerciais aumenta com o uso de doses crescentes de nitrogênio. As leituras realizadas com medidor portátil de clorofila não se correlacionam com o teor de nitrogênio foliar.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Acta Iguazu

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Acta Iguazu


ISSN 2316-4093 (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura

Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: revista.actaiguazu@unioeste.br