Professores(as)-pesquisadores(as) de educação física na educação básica: idiossincrasias e fomento à formação na região metropolitana de Fortaleza

Amanda Taiane Correia de Oliveira, Liana Lima Rocha, Luciana Venâncio, Luiz Sanches Neto

Resumo


Introdução: Investigamos as características dos processos formativos de três docentes e os motivos subjacentes à sua mobilização como professores(as) que se preocupam em pesquisar. Objetivo: O objetivo de nossa investigação é compreender as idiossincrasias desses(as) professores(as)-pesquisadores(as), que investigam suas próprias práticas educativas na educação básica, na área da educação física na cidade de Fortaleza e na região metropolitana. Métodos: O nosso estudo é fundamentado em uma pesquisa qualitativa com a colaboração de professores(as) de educação física de escolas públicas da rede estadual de educação básica de Fortaleza. A pesquisa colaborativa foi realizada com uma professora e dois professores ao longo de um ano e meio. Resultados: Temos como principal resultado da pesquisa, o engajamento efetivo dos(as) professores(as) com as suas práticas educacionais. Portanto, a responsabilidade com os processos de ensino está associada aos modos de investigação realizados pelos(as) docentes. Conclusão: Consideramos que o envolvimento com projetos e também com grupos de estudos das universidades, tanto durante a graduação quanto na pós-graduação, tornam o trabalho de cada professor(a) diferenciado em termos (auto)formativos.

ABSTRACT. School physical education teachers-researchers: idiosyncrasies and support to teacher educa¬tion in Fortaleza’s (Brazil) metropolitan region. Background: We have investigated the characteristics of the educative processes of three teachers and the reasons underpinned by their mobilization as teachers who care about researching. Objective: The objective of our investigation is to understand the idiosyncrasies of these teachers, who investigate their own educational practices in basic education in the area of physical education in the city of Fortaleza and in the metropolitan region. Methods: Our study is based on qualitative research with the collaboration of physical education teachers from public schools of the State basic education network at Fortaleza. The collaborative research was carried out with one female teacher and two male teachers over one year and a half. Results: The main result of the research is the effective engagement of teachers with their educational practices. Therefore, responsibility for teaching processes is associated with the modes of research carried out by the teachers. Conclusion: We consider that the involvement with projects and also within academic groups at universities, both during undergraduate and postgraduate courses, differentiate the work of each teacher in (self) educative terms.

Palavras-chave


pesquisa colaborativa; formação de professores(as); educação física escolar

Texto completo:

PDF

Referências


ARNOSTI, R. P.; BENITES, L. C.; SOUZA NETO, S. Do direito à ternura à pedagogia do amor: um estudo sobre a identidade do professor em sua dimensão (sócio-)afetiva. Relatório de iniciação científica: CNPq, nº 800123/2011-5. Rio Claro: Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, 2011.

BETTI, M. Educação física escolar: ensino e pesquisa-ação. Ijuí: Unijuí, 2009.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: educação física. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. Disponível em: . Acessado em: 24 de junho de 2019.

CONCEIÇÃO, W. L. Histórias de vidas que se unem: a professora, o professor e os [elos com os] jovens infratores. 2017. 136f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, 2017.

COSTA, L. C. A.; NASCIMENTO, J. V. O “bom” professor de educação física: possibilidades para a competência profissional. Journal of Physical Education, Maringá, v. 20, n. 1, p. 17-24, 2009.

CUNHA, M. I. O bom professor e sua prática. Campinas: Papirus, 1989.

FAGUNDES, T. B. Os conceitos de professor pesquisador e professor reflexivo: perspectivas do trabalho docente. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 21, n. 65, p. 281-98, 2016.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática docente. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GALVÃO, Z. Educação física escolar: a prática do bom professor. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 65-72, 2002.

GATTI, B. A. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-79, 2010.

IZA, D. F. V.; BENITES, L. C.; SANCHES NETO, L.; CYRINO, M.; ANANIAS, E. V.; ARNOSTI, R. P.; SOUZA NETO, S. Identidade docente: as várias faces da constituição do ser professor. Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 8, n. 2, p. 273-92, 2014.

IZA, D. F. V.; SOUZA NETO, S. Por uma revolução na prática de ensino: o estágio curricular supervisionado. Curitiba: CRV, 2015.

KUNZ, E.; TREBELS, A. H. Educação física crítico-emancipatória. Ijuí: Unijuí, 2006.

LÜDKE, M. O professor, seu saber e sua pesquisa. Educação & Sociedade, Campinas, v. 22, n. 74, p. 251-83, 2001.

MIZUKAMI, M. G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986.

MOCKLER, N. Beyond ‘what works’: understanding teacher identity as a practical and political tool. Teachers and Teaching: Theory and Practice, London, v. 17, n. 5, p. 517-28, 2011.

NÓVOA, A. (Org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

OLIVEIRA, A. T. C.; INOUE, G. P.; SANCHES NETO, L. Processos formativos colaborativos na educação física escolar: complexidade e sistematização. Encontros Universitários da UFC, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 1609, 2017.

PERRENOUD, P. Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Lisboa: Dom Quixote, 1993.

RANGEL-BETTI, I. C.; GALVÃO, Z. Ensino reflexivo em uma experiência no ensino superior em educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 22, n. 3, p. 106-16, 2001.

SAMPAIO, J. M. F.; NASCIMENTO, P. R. B. Possibilidades didáticas nas aulas de educação física: o conteúdo “exercício físico e saúde” no ensino médio. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 16, n. 2, p. 1-6, 2018.

SANCHES NETO, L.; SOUZA NETO, S.; BETTI, M. Teachers-researchers: between what they think and what they do. In: XVI Biennial Conference of the International Study Association on Teachers and Teaching. Anais... Braga: Universidade do Minho, 2011, p. 469-480.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992, p. 77-91.

SCHÖN, D. The reflective practitioner. Nova York: Basic Books, 1983.

STENHOUSE, L. An introduction to curriculum research and development. Heinemann: Pearson, 1975.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2012.

VENÂNCIO, L.; SANCHES NETO, L.; BETTI, M. Perspectivas da pesquisa-ação na educação física escolar: indícios a partir de programas de pós-graduação. Estreiadialogos, Braga, v. 3, n. 1, p. 123-40, 2018.




DOI: https://doi.org/10.36453/2318-5104.2019.v17.n2.p143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário ';



Direitos autorais 2019 Direitor Autorais Partilhados

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Caderno de Educação Física e Esporte

Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

Campus de Marechal Cândido Rondon

Rua Pernambuco, 1777 | Centro

Marechal Cândido Rondon | Paraná | 85960-000

F: (45) 3284 7855

E-mail: revista.cefe@unioeste.br

Facebook: https://www.facebook.com/RevistaCEFE/