Estágio curricular supervisionado em educação física: experiência e implicações para a formação de professores

Carlos Afonso Ferreira dos Santos

Resumo

Este relato objetiva apresentar e refletir as experiências formativas do componente curricular “Estágio Supervisionado I” (campo escolar) do 5º semestre do curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal do Pará (UFPA), campus Belém-PA. Metodologicamente, descreve e analisa as vivências oportunizadas pelo estágio do curso em questão. Os resultados revelam elementos relevantes ao trabalho pedagógico em Educação Física, oriundos da reflexão e avaliação das práticas realizadas pelos discentes. Todavia, notou-se a interrupção de demais reflexões por parte deles, dada a impossibilidade de um contato mais fecundo, efetivo e integral com outras experiências formativas no estágio, necessárias a sua constituição profissional docente. Conclui-se destacando a necessidade de se entender o estágio supervisionado enquanto momento de ação-reflexão sobre as práticas de ensino a partir de sua plena efetivação – observação da realidade, intervenção planejada e reflexão sobre a prática profissional em Educação Física – no processo formativo do estudante de graduação.

Palavras-chave

Educação Física; estágio curricular; formação de professores

Referências

BATISTA, P. O papel do estágio profissional na (re)construção da identidade profissional no contexto da educação física: cartografia de um projeto de investigação. In: BATISTA, P.; GRAÇA, A.; QUEIRÓS, P. O estágio profissional na (re)construção da identidade profissional em educação física. Porto: FADEUP, 2014. p. 9-41.

BORSSOI, B. L. O estágio na formação docente: da teoria a prática, ação-reflexão. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO; SEMANA DA PEDAGOGIA, 20., 2008, Cascavel. Anais... Cascavel: Unioeste, 2008. Disponível em: Acesso em: 19 mar. 2019.

BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 set. 2008.

CASTELLANI FILHO, L. Política educacional e Educação Física. 2.ed. São Paulo: Autores Associados, 2002.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 2012.

DARIDO, S. C.; RANGEL-BETTI, I. C.; RAMOS, G. N. S.; GALVÃO, Z.; FERREIRA, L. A.; MOTA e SILVA, E. V.; RODRIGUES, L. H.; SANCHES, L.; PONTES, G.; CUNHA, F. A Educação Física, a formação do cidadão e os Parâmetros Curriculares Nacionais. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 17-32, jan.-jun. 2001.

FIORENTINI, D. A pesquisa e as práticas de formação de professores de matemática em face das políticas públicas no Brasil. Bolema, Rio Claro, v. 21, n. 29, pp. 43-70, 2008.

FLORES, P. P.; CARAÇATO, Y. M. S.; ANVERSA, A. L. B.; SOLERA, B.; DA COSTA, L. C. A.; DE OLIVEIRA, A. A. B.; DE SOUZA, V. F. M. Formação inicial de professores de educação física: um olhar para o estágio curricular supervisionado. Cadernos de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 17, n. 1, p. 61-68, 2019.

KENSKI, V. M. A vivência escolar dos estagiários e a prática de pesquisa em estágios supervisionados. In: PICONEZ, S. C. B. (coord.). A Prática de Ensino e o Estágio Supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991.

MARTINY, L. E. GOMES-DA-SILVA, P. N. “O que eu transformaria? Muita coisa!”: os saberes e os não saberes docentes presentes no estágio supervisionado em Educação Física. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 22, n. 4, p. 569-581, dez. 2011.

MARTINY, L. E. GOMES-DA-SILVA, P. N. A transposição didática na Educação Física escolar: a reflexão na prática pedagógica dos professores em formação inicial no estágio supervisionado. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 25, n. 1, p. 81-94, mar. 2014.

OLIVEIRA, V. M. O que é Educação Física? 11. ed. São Paulo: Brasiliense, 2004. (Coleção primeiros passos; 79).

PICONEZ, S. C. B. A prática de ensino e o estágio supervisionado: a aproximação da realidade escolar e a prática da reflexão. In: PICONEZ, S. C. B. (coord.). A Prática de Ensino e o Estágio Supervisionado. Campinas, SP: Papirus, 1991.

PIMENTA, S. G. O estágio na formação de professores: unidade entre teoria e prática. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 94, p. 58-73, ago. 1995.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

RAYS, O. A. A questão da metodologia do ensino na didática escolar. In: VEIGA, I. P. A (coord.). Repensando a didática. 5. ed. Campinas, SP: 1991.

SILVESTRE, M. A. Prática de ensino e estágios supervisionados: da observação de modelos à aprendizagem da docência. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 11, n. 34, p. 835-861, set./dez. 2011.

SOARES, C. L. Educação física escolar: conhecimento e especificidade. Rev. paul. Educ. Fís., São Paulo, supl. 2, p. 6-12, 1996.

SOARES, C. L.; TAFFAREL, C. N. Z.; ESCOBAR, M. O. A Educação Física escolar na perspectiva do século XXI. In: MOREIRA, W. W. (org.). Educação Física & Esportes: Perspectivas para o século XXI. Campinas, SP: Papirus, 1992.

ZULUAGA, C. F. A. Avaliação do Estágio Supervisionado (ES) em Educação Física: Colômbia, Brasil, Argentina e Chile. Lúdica pedagógica, Bogotá, v. 2, n. 22, p. 59-67, 2015.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário
';