Violência nas escolas: análise na formação de professores de educação física no oeste do Paraná

Luís Sérgio Peres, Katiucia de Oliveira Peres, Kauê de Oliveira Peres

Resumo

Introdução: Alguns Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) dos Cursos de Educação Física - Licenciatura da região Oeste do Paraná tem por objetivos preparar profissionais comprometidos com a construção de valores em perspectiva de um futuro melhor, mais solidário e humano. Porém, em suas grades curriculares, esquecem abordagens voltadas à violência escolar. Objetivo: Verificar junto aos PPP, se as disciplinas ministradas abordavam a questão da violência e seus enfrentamentos para uma prática pedagógica consciente na escola. Métodos: Caracterizou-se como uma pesquisa descritiva, envolvendo dois cursos de licenciatura em Educação Física de instituições de ensino superior privadas do oeste do Paraná. Os dados foram coletados por meio de levantamento documental nas matrizes curriculares e nos planos de ensino, de entrevistas com coordenadores e 10 alunos pertencentes ao ultimo ano. Resultados: Na análise constatou-se que os cursos não apresentam em sua grade curricular, disciplina que trate sobre o assunto de forma especifica. Os conteúdos apresentados nos Planos de Ensino, somente em um dos cursos, na disciplina de Psicologia da Educação, apareceu um subtítulo vinculado à “violência humana”. Os Coordenadores relataram não constar disciplinas que abordem esta questão na grade curricular e desconheciam se os professores abordavam esta questão nas suas aulas. Os alunos foram unanimes em afirmar que não viram durante o período escolar, nenhuma disciplina que abordassem esta questão e que não saberiam como agir frente a uma situação de violência na escola, que no máximo levariam a questão para a direção. Conclusão: Concluímos que a questão da violência escolar, um problema tão atual, que encontramos quase que todos os dias nas escolas. Não é vista, trabalhada ou estudada na formação docente nas IES, deixando uma lacuna na forma de como agir frente a esta questão, que possivelmente poderá prejudicar sua prática pedagógica.

Palavras-chave

Bullying, Currículo, Indisciplina, Agressão, Violência

Referências

BORGES, C. A formação dos docentes de educação física e seus saberes profissionais. In.: BORGES, Cecília e DESBIENS, Jean-François (orgs.). Saber, formar e intervir para uma educação física em mudança. Campinas: Autores Associados, 2005. p. 157-190.

CARVALHOSA, S. Prevenção da violência e do bullying em contexto escolar. Lisboa: Climepsi Editores, 2010.

COLPAS, R.D. Educação física escolar: a construção de um conceito. CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 11., 1999, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 1999. p. 130-137.

CUNHA, F.J.P. Prática pedagógica de professores de educação física: um estudo de caso na rede pública estadual em Florianópolis-SC. Florianópolis, 2003. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2003.

DAOLIO, J. Educação física e o conceito de cultura. Campinas: Autores Associados, 2004.

ENGUITA, M. F. Educar em tempos incertos. Porto Alegre: Artmed, 2004.

FANTE, C. Fenômeno Bullying: como prevenir a violência nas escolas e educar para a paz. São Paulo: Versus, 2005.

FARIAS, G.O. O percurso profissional dos professores de educação física: rumo à prática pedagógica. Florianópolis, 2000. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2000.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

JANUÁRIO, C. Do pensamento do professor à sala de aula. Coimbra, Portugal: Almedina, 1996.

KINCHELOE, J. L. Pesquisa em educação: conceituando a Bricolagem. Porto Alegre: Artmed, 2007.

MOLINA NETO, V. Pesquisa qualitativa na educação física: Alternativas metodológicas. São Paulo: Sulina, 2010.

MOREIRA, D. Transtorno do assédio moral – Bullying: a violência silenciosa. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2010

NASÁRIO, S.T. Concepção da prática pedagógica do professor de educação física: importância e influência no aluno. Florianópolis, 1999. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, 1999.

NASCIMENTO, J.V Formação profissional em educação física: contextos de desenvolvimento curricular: Montes Claros: Unimontes, 2002.

PILETTI, C. Didática geral. 23. ed. São Paulo: Ática, 2000.

SCHÖN, D. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

SOUZA, E.B.V. de, A formação inicial do professor de Educação Física: Um estudo sobre os modelos de alternância e os saberes docentes. Rio Claro, 2012. Dissertação de Mestrado.

THOMAS, J.R.; NELSON, J.K. Métodos de pesquisa em atividade física. 3.ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

WEINECK, J. Biologia do Esporte, 7. ed. São Paulo: Manole, 2005.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário
';