Educando para a democracia: valores democráticos partilhados por jovens porto-alegrenses

Rute Baquero, Marcello Baquero

Resumo

O trabalho problematiza a questão da educação para a democracia examinando os valores democráticos partilhados por jovens porto-alegrenses. Analisa, especificamente, o valor que os jovens atribuem à democracia ao longo de duas décadas (década de 1990 e início do século XXI), buscando identificar, na perspectiva de KRAUSKOPF (2000), a que paradigma de participação juvenil seus posicionamentos se vinculam. Para atingir o objetivo, desenvolve-se uma análise de natureza quantitativa de respostas emitidas por jovens de escolas públicas e privadas, localizadas na área metropolitana de Porto Alegre/RS. Os da­dos são oriundos de pesquisas tipo "survey", realizadas pelo Núcleo de Pesquisa sobre América Latina (NUPESAL). A análi­se quantitativa é complementada por dados coletados em entre­vistas semi-estruturadas. Resultados do estudo revelam que o conceito de democracia, para a maioria dos jovens, é um concei­to que produz sentimentos positivos, porém, pouco compreendi­do na sua dinâmica, gerando, dessa forma, um abismo entre o entendimento e a valorização da democracia num sentido abs-trato e ações exigidas de um cidadão democrático.

Palavras-chave

Educação; Democracia; Juventude.

Texto completo:

PDF