GESTÃO ESCOLAR EMPREENDEDORA: ALGUMAS EVIDÊNCIAS

Jair de Oliveira, CREUZA MARTINS FRANÇA, FLÁVIA MARIA DA SILVA

Resumo

Esse trabalho tem como propósito discutir algumas proposições teóricas as quais procuram compreender como o termo empreendedorismo está sendo discutido no âmbito escolar. Assim, sustenta-se a argumentação de que, a partir da abordagem comportamental – Características do Comportamento Empreendedor (CCEs) – há uma “gestão escolar empreendedora”, evidenciada por meio de atitudes proativas de gestores e identificada através da combinação de características como “inovação” e “persuasão”. Nesse estudo, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, tendo como procedimentos um levantamento sistemático em quatro bases de dados e uma categorização dos materiais selecionados. O texto destaca que, mesmo em meio a fatores limitantes da gestão pública escolar, como o arcabouço normativo e as dificuldades administrativas de implementar mudanças nas diretrizes estabelecidas pelos níveis hierárquicos superiores, há possibilidade de se aplicar o empreendedorismo no setor escolar público; entretanto, tal iniciativa deverá constituir-se mais em um processo coletivo e político do que em um conjunto de ações individuais. 

Palavras-chave

Empreendedorismo. Gestão Escola Pública. Escola Pública. Gestor Escolar

Texto completo:

PDF