QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: PERCEPÇÃO DE SATISFAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DE UMA EMPRESA DO COMÉRCIO

Adriana Pedroso dos Santos, Adriane Fabricio, Liane Beatriz Rotili, Luis Felipe Dias Lopes, Daniel Knebel Baggio

Resumo

A Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) em sua essência passa por visões e definições multidisciplinares, produzindo ações que contribuem com o bem-estar e satisfação profissional nas organizações (LIMONGI-FRANÇA, 2004). Frente a este contexto, o presente estudo objetivou analisar a percepção de satisfação dos fatores de QVT de funcionários de uma empresa do comércio. Metodologicamente, trata-se de um estudo de caso, descritivo, com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada a partir de questionário estruturado conforme o modelo de Walton (1973) e aplicada em todos os funcionários (15) da empresa em estudo. Quanto aos resultados, os mesmos revelaram que os funcionários do estudo estão no geral satisfeitos com os fatores compensação salarial justa e adequada, condições de segurança e saúde no trabalho, a utilização e desenvolvimento de capacidades, oportunidades de crescimento e segurança, a integração social na organização, as garantias constitucionais, o trabalho e espaço total de vida e a relevância social da vida no trabalho. Considerando que não houveram respostas indicando diretamente a insatisfação e que os fatores compensação salarial justa e adequada, e oportunidades de crescimento apresentaram índices de neutralidade, pode-se interpretar como pontos onde a satisfação pode ser trabalhada pela empresa.

Palavras-chave

Qualidade de vida; Satisfação no trabalho; Modelo Walton

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.