O INSTIGADOR PAULO FREIRE E OS ENTORNOS DA DIVERSIDADE

Anizia Costa Zych, Nájela Tavares Ujiie

Resumo

 

O presente ensaio ganhou corpus a partir de uma discussão fecunda desenvolvida junto aos membros do grupo de pesquisa "Educação: Saberes, Linguagem e Multiculturalidade" e se propõe aqui a levantar algumas relações do pensamento educacional de Paulo Freire, com referência à educação inclusiva na e para a diversidade, como processo de apropriação do conhecimento, como instrumento de elevação da cidadania, possibilitando que a luta das minorias seja sustentada pela alavanca do saber que implica na reflexão-ação e permite ao indivíduo interagir coletivamente no espaço social, podendo ainda contribuir com a intervenção relacionada à educabilidade fundamentada na alteridade, incorporando assim, novos elementos a formação do ser humano em sua multiplicidade e legitimação de sua existência.

Palavras-chave

Teoria freireana; Educação inclusiva; Diversidade.

Texto completo:

PDF