AS HORAS DE MRS. DALLOWAY: UM OLHAR COMPARATIVISTA SOBRE AS OBRAS DE VIRGINIA WOOLF E MICHAEL CUNNINGHAM

Carlos Eduardo Brefore Pinheiro, João Paulo Silva dos Santos

Resumo


 

Este trabalho propõe-se a analisar, por intermédio da teoria da literatura comparada, a obra Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf, e a obra As horas, de Michael Cunnigham, a partir da teoria da intertextualidade.


Palavras-chave


Intertextualidade; Virginia Woolf; Michael Cunningham.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2008 Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob CC-BY-NC-SA 4.0 que permite o compartilhamento do trabalho com indicação da autoria e publicação inicial nesta revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.