ENRAIZAMENTO DE ESTACAS E CULTIVO EM VASO DE ALTERNANTHERA DENTATA

Autores

  • Janine Farias Menegaes
  • Fernanda Alice Antonello Londero Backes
  • Rogério Antônio Bellé
  • Rogério Luiz Backes
  • Andressa Pozzati Zago

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v5i2.15008

Resumo


Objetivou-se com estes trabalhos avaliar o desempenho da alternantera (Alternanthera dentata (Moench) Stuchlik) sob o enraizamento em diferentes doses de concentrações de AIB (ácido indolbutírico) e avaliar diferentes densidades de plantas em vaso, sob efeito da poda. A condução dos experimentos ocorreu no Setor de Floricultura da UFSM. O primeiro experimento foi conduzido em delineamento experimental de blocos casualizados, utilizou-se estacas herbáceas de alternantera submetidas a tratamento com AIB na forma de pó, nas concentrações (zero, 125, 250, 500 e 1000 mg kg-1), com seis repetições, em substrato de casca de arroz carbonizada. O segundo experimento foi conduzido em delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x2 (três densidades de plantas e dois tamanhos de vasos), com cinco repetições, em substrato comercial. Foram realizadas cinco podas com intervalo de 20 dias, deixando-se apenas uma gema nodal por haste. Conclui-se que a alternantera pode ser propagada sem o uso de AIB, sendo que nas condições deste experimento os benefícios do regulador de crescimento são no aumento do número de raízes formadas nas estacas. Com viabilidade de produção comercial de alternantera em vaso, com qualidade harmônica em cobertura de vaso, porém necessitando de um período maior entre realizações das podas. 

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

FARIAS MENEGAES, J.; LONDERO BACKES, F. A. A.; BELLÉ, R. A.; BACKES, R. L.; POZZATI ZAGO, A. ENRAIZAMENTO DE ESTACAS E CULTIVO EM VASO DE ALTERNANTHERA DENTATA. Acta Iguazu, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 1–9, 2000. DOI: 10.48075/actaiguaz.v5i2.15008. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/15008. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS