DEGRADAÇÃO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO EM ÁREAS DE NASCENTES NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO GUARABIRA

Autores

  • Pedro Luan Ferreira da Silva
  • Nabor Galvão de Figueirêdo Neto
  • Belchior Oliveira Trigueiro da Silva
  • Júlia Eudócia de Araújo Monteiro
  • Heriberto Francisco Xavier

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v5i4.16118

Resumo


A grande demanda por áreas favoráveis ao desenvolvimento da agricultura tem intensificado a degradação ambiental dos agroecossistemas. Objetivou-se com esse estudo diagnosticar as principais causas de degradação, uso e ocupação do solo em áreas de nascentes na microbacia hidrográfica do rio Guarabira, localizada no município de Pilõezinhos-PB. A coleta de dados ocorreu durante o primeiro semestre de 2016, com visitas ao local de estudo para a coleta de dados e registro de material iconográfico. Utilizou-se a ferramenta Google Earth para localização das nascentes e o Índice de Impacto Ambiental das Nascentes (IIA), para avaliação macroscópica do nível de degradação da área. A área de nascentes apresenta estágio avançado de degradação, com diminuição de área de recarga devido à ocupação desordenada e à degradação florestal avançada. A atividade agropecuária é um dos fatores responsáveis pela degradação das nascentes. 

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

FERREIRA DA SILVA, P. L.; DE FIGUEIRÊDO NETO, N. G.; OLIVEIRA TRIGUEIRO DA SILVA, B.; DE ARAÚJO MONTEIRO, J. E.; FRANCISCO XAVIER, H. DEGRADAÇÃO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO EM ÁREAS DE NASCENTES NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO GUARABIRA. Acta Iguazu, [S. l.], v. 5, n. 4, p. 42–53, 2000. DOI: 10.48075/actaiguaz.v5i4.16118. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/16118. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS