ANÁLISE DE RENDIMENTO INDUSTRIAL DA TILÁPIA DO NILO (OREOCHROMIS NILOTICUS, LINNAEUS, 1758)

Autores

  • Adriano Vitor Azevedo
  • Aldi Feiden
  • Adriana Maria de Grandi
  • Agnaldo Deparis
  • Francielli Maria Vanin Debona
  • Kesia Damaris Azevedo Frigo
  • Vinicius Pimenta Sividanes
  • Ana Maria da Silva

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v5i3.16359

Resumo


Esse estudo teve como objetivo proporcionar uma análise do processamento da tilápia do Nilo, utilizando-se os rendimentos de tronco limpo e composição centesimal. Este experimento utilizou- se um total de duzentas tilápias, separadas em quatro grupos de pesos (faixas): P1 (180 a 220 g); P2 (280 a 320 g); P3 (380 a 420 g) e P4 (480 a 520 g). Os peixes oriundos de criação em tanques-rede foram processados em ambiente industrial. Para as análises estatísticas, foram utilizadas as análises de variância, seguido do teste F a 5% de significância, e para o teste de médias quando significativo foi aplicado o teste de Tukey. Os pesos médios encontrados foram: P1 (206g), P2 (297g); P3 (382g) e P4 (491g). A análise de rendimento de tronco limpo mostrou-se significativa para as faixas de peso P2 (51,15%), P3 (51,36%) e P4 (53,01%), sendo que, para análise centesimal, o P3 e P4 foram significativos para proteína e gordura. A faixa de peso P2 quanto à relação custo de produção e rendimento industrial é o melhor tratamento para obter o tronco limpo.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

AZEVEDO, A. V.; FEIDEN, A.; MARIA DE GRANDI, A.; DEPARIS, A.; MARIA VANIN DEBONA, F.; DAMARIS AZEVEDO FRIGO, K.; PIMENTA SIVIDANES, V.; MARIA DA SILVA, A. ANÁLISE DE RENDIMENTO INDUSTRIAL DA TILÁPIA DO NILO (OREOCHROMIS NILOTICUS, LINNAEUS, 1758). Acta Iguazu, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 111–127, 2000. DOI: 10.48075/actaiguaz.v5i3.16359. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/16359. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS