Estimation of the commercial height of trees with laser meter: a viable alternative for forest management in the Brazilian Amazon

Autores

  • Agust Sales Programa de Pós-graduação em Ciência Florestal, Universidade Federal de Viçosa -UFV. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.
  • Marco Antonio Siviero Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.
  • Paulo Cezar Gomes Pereira Departamento de Engenharia Florestal, Universidade do Estado do Pará - UEPA. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.
  • Ghaby Alves Berberian Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.
  • Sabrina Benmuyal Vieira Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais, Universidade Federal do Pará -UFPA. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.
  • Bárbara Maia Miranda Departamento de Engenharia Florestal, Universidade do Estado do Pará - UEPA.

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v7i3.16648

Palavras-chave:

Altura comercial, Dendometria, Floresta natural,

Resumo


Commercial height of the tree is a key variable for estimating the wood stock in tropical forests managed for timber production purposes. Most available measurement devices present limitations to this type of forest, promoting low precision measurements with high variation errors. Laser meter device appears as a viable alternative, since in addition to using trigonometric principles, it is not necessary that the device is close to the eyes of the meter to carry out the measurement. The device can be used to measure commercial height of trees on flat or sloping terrain from any distance from the tree. However, there are no studies evaluating the precision of this device. Due to importance and difficulties evidenced, the objective of this study was to determine the precision of the laser meter method for estimating the commercial height of trees, as compared to the actual measurement in a tropical forest in the Brazilian Amazon. Measurements were made on 300 trees with commercial height between 7 and 14 m. Actual commercial heights were measured with graduated ruler. Applied tests were: paired t-test, graphical analysis of residues and calculations of bias statistics, mean absolute deviation, standard deviation of differences and coefficient of determination (R2). Paired t-test indicated that the mean of the heights measured by the laser meter is statistically equal to that of the graduated ruler. Measurements with laser meter did not show tendencies (bias) and had low mean error, showing values close to "0". The standard deviation of differences indicated low dispersion of errors. There was no tendency to underestimate or overestimate the commercial heights of trees. Laser meter presents precision for estimating the commercial height of trees in tropical forest in the Brazilian Amazon.

Biografia do Autor

Agust Sales, Programa de Pós-graduação em Ciência Florestal, Universidade Federal de Viçosa -UFV. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.

Engenheiro Florestal pela Universidade do Estado do Pará (2017). Atualmente é Mestrando em Ciências Florestais pela Universidade Federal de Viçosa UFV.
Trainee de
Engenharia Florestal pelo Grupo Arboris. Atua em diversos ramos do setor agroflorestal, desde o manejo florestal e reflorestamento até tecnologia e industrialização de
produtos madeireiros, e também no cultivo de grãos.

Marco Antonio Siviero, Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.

Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal do Paraná (1977), Economista pela Faculdade Osvaldo Cruz (1985), MBA Executivo em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2009), desde 1992 Diretor-presidente do Grupo Arboris em Dom Eliseu, Pará e Cidadão do Pará em 2015. Trabalho com Manejo de Florestas Nativas, Reflorestamento de paricá (Schizolobim amazonicum), Agricultra e Produção de compensado. Participa de atividades de caráter nacional e internacional com objetivo de aumentar o nível de tecnologias nas diversas áreas de estudo da cadeia produtiva florestal.

Paulo Cezar Gomes Pereira, Departamento de Engenharia Florestal, Universidade do Estado do Pará - UEPA. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2006) e mestrado em Ciências Florestais pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2015). Atua no desenvolvimento, execução e licenciamento de projetos técnicos, industriais e de pesquisa voltados para as atividades florestais.

Ghaby Alves Berberian, Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.

Possui graduação em Engenharia Florestal (2013), pela Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém - PA. Tem conhecimento principalmente nas seguintes áreas: Genética, Manejo Florestal e Dendrologia.

Sabrina Benmuyal Vieira, Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais, Universidade Federal do Pará -UFPA. Grupo Arboris, Dom Eliseu, Pará.

Engenheira Florestal pela Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA, 2009/2014, com formação complementar em Engenharia Florestal e do Meio Natural pela Universidade de Santiago de Compostela - USC, 2012/2013. Especialização em Georreferenciamento de Imóveis Rurais pelo Instituto de Pós-Graduação e Cursos - IPGC (Andamento). Experiência em trabalhos de campo: instalação de parcelas, coleta, processamento e analise de dados florestais em floresta nativa e plantada. Tem participação e publicações em eventos científicos nacionais e internacionais. Atualmente, trabalho conduzindo estudos e experimentos de caráter técnico-cientifico para o Grupo Arboris em parceria com Embrapa Amazônia Oriental e Uepa.

Bárbara Maia Miranda, Departamento de Engenharia Florestal, Universidade do Estado do Pará - UEPA.

Graduanda do Curso de Engenharia Florestal pela Universidade do Estado do Pará. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal

Downloads

Publicado

18-10-2018

Como Citar

SALES, A.; SIVIERO, M. A.; PEREIRA, P. C. G.; BERBERIAN, G. A.; VIEIRA, S. B.; MIRANDA, B. M. Estimation of the commercial height of trees with laser meter: a viable alternative for forest management in the Brazilian Amazon. Acta Iguazu, [S. l.], v. 7, n. 3, p. 60–68, 2018. DOI: 10.48075/actaiguaz.v7i3.16648. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/16648. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS