Carbono das frações oxidáveis do solo sob cultivos de cana-de-açúcar de diferentes números de colheita

Autores

  • Daniel Macedo Oliveira Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Santa Helena de Goiás
  • Adriana Rodolfo Costa Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Santa Helena de Goiás
  • Patrícia Costa Silva Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Santa Helena de Goiás
  • Leidiane Vilela Calixto
  • José Henrique da Silva Taveira Universidade Estadual de Goiás - Câmpus Santa Helena de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v8i2.17438

Palavras-chave:

labilidade, matéria orgânica do solo, qualidade do carbono

Resumo


O cultivosucessivo e por longo período da cana-de-açúcar em solos agrícolas é bastante comum na região sudoeste do estado de Goiás, porém pouco se conhece sobre o efeito nas frações oxidáveis do carbono orgânico do solo. O objetivo deste estudo foi avaliar as frações oxidáveis do carbono orgânico de um Latossolo cultivado com cana de açúcar em diferentes idades de instalação da cultura. As amostras de solo foram coletadas em áreas de primeiro, décimo segundo e décimo sexto corte de cana-de-açúcar e numa área de mata nativa adotada como referência, nas profundidades de 0-0,10; 0,10-0,20 e 0,20-0,40 m em quatro repetições. Foram determinadas as frações oxidáveis do carbono orgânico segundo o grau de suscetibilidade à oxidação em meio ácido, desta forma indicando as frações mais lábeis (F1 e F2) e as mais recalcitrantes do solo (F3 e F4). O delineamento adotado foi o inteiramente casualisado. Os dados foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A área de Mata, independente da profundidade, apresentou um equilíbrio entre as frações oxidáveis do carbono orgânico. E nas áreas de canaviais este equilíbrio entre as frações mais lábeis e as frações recalcitrante não foi observado

Biografia do Autor

Leidiane Vilela Calixto

Instituto Federal Goiano, Campus Rio Verde

Downloads

Publicado

25-07-2019

Como Citar

OLIVEIRA, D. M.; COSTA, A. R.; SILVA, P. C.; CALIXTO, L. V.; TAVEIRA, J. H. da S. Carbono das frações oxidáveis do solo sob cultivos de cana-de-açúcar de diferentes números de colheita. Acta Iguazu, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 124–133, 2019. DOI: 10.48075/actaiguaz.v8i2.17438. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/17438. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS