Uma revisão sobre a mostarda (Brassica ssp.) e seu possível uso com alternativa para produção de biodiesel

Autores

  • Lilian C. de Souza Madalena
  • Pablo Chang
  • Adriana Ferla de Oliveira
  • Ricielly Eloyze Rosseto
  • Simone Andréia Roehrs
  • Reginaldo Ferreira Santos
  • Elisandro Pires Frigo

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v6i5.18467

Resumo


Em função da busca por alternativas de energias renováveis chegamos a novas tecnologias e com isso a novos biocombustíveis. Com a Lei 13.263 (23/06/2016) que prevê o aumento do uso de biodiesel, cria-se uma necessidade de expandir a quantidade oferecida para suprir a demanda existente. Assim, a procura por novas matérias-primas para produção do biodiesel, para abranger volume necessário, se faz presente. A mostarda é tradicionalmente conhecida como um dos condimentos mais utilizados do mundo. Apesar de ser uma cultura oleaginosa nova no Brasil, encontram-se estudos com referência ao uso de seu óleo na produção de biodiesel. O Canadá é o maior produtor de sementes de mostarda, sendo a França o maior consumidor. O objetivo deste presente trabalho foi apresentar essa cultura oleaginosa, de modo a tratar das características gerais, produção e uso do seu óleo como possível alternativa para produção de biodiesel. 

Downloads

Publicado

15-12-2017

Como Citar

DE SOUZA MADALENA, L. C.; CHANG, P.; FERLA DE OLIVEIRA, A.; ROSSETO, R. E.; ROEHRS, S. A.; FERREIRA SANTOS, R.; PIRES FRIGO, E. Uma revisão sobre a mostarda (Brassica ssp.) e seu possível uso com alternativa para produção de biodiesel. Acta Iguazu, [S. l.], v. 6, n. 5, p. 23–34, 2017. DOI: 10.48075/actaiguaz.v6i5.18467. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/18467. Acesso em: 7 ago. 2022.