Solo, adubação e nutrição da cultura da soja (Glycine max L.)

Autores

  • Bianca Fiori Primieri
  • Reginaldo Ferreira Santos

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v6i5.18472

Resumo


Com reconhecida importância econômica mundial, a soja (Glycine max L.) requer o uso de fertilizantes em proporções apropriadas, acatando parâmetros econômicos e, concomitantemente, conservando o solo, mantendo ou elevando a produtividade das culturas. Neste trabalho objetivou-se apresentar um conjunto de leituras científicas com conhecimentos técnicos relacionados à fertilidade do solo, bem como a nutrição das plantas da soja, para orientação de novos estudos e assessoria a produtores. Questões como a redução do impacto ao meio ambiente relacionada a práticas conservacionistas como o Sistema de Plantio Direto (SPD) estão sendo cada vez mais estudadas e utilizadas, garantindo além desse benefício maiores índices de produtividade. São abordados também os macro e micronutrientes de importância fundamental a cultura da soja, bem como suas pesquisas técnicas, revelando que se deve atentar com homogeneidade a todos, embora o N apresente maior complexidade de aplicação.

 

Downloads

Publicado

15-12-2017

Como Citar

FIORI PRIMIERI, B.; FERREIRA SANTOS, R. Solo, adubação e nutrição da cultura da soja (Glycine max L.). Acta Iguazu, [S. l.], v. 6, n. 5, p. 80–91, 2017. DOI: 10.48075/actaiguaz.v6i5.18472. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/18472. Acesso em: 7 ago. 2022.