Influência alelopática do extrato aquoso de folhas de Citronela (Cymbopogon) sobre a germinação e desenvolvimento inicial de quatro genótipos conhecidos de Cartamo (Carthamus tinctorius L.)

Autores

  • Lucas da Silveira
  • Edward Seabra Júnior
  • Daniel Marcos Dal Pozzo
  • Reginaldo Ferreira Santos
  • Luciene Kazue Tokura
  • Deonir Secco

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v6i5.18946

Resumo


O conceito alelopatia, refere-se à influência de uma espécie vegetal sobre a outra,
seja este efeito prejudicial ou benéfico, o causador disso são as biomoléculas popularmente
chamadas de aleloquímicos. Estas biomoléculas são substancias gasosas ou liquidas liberadas
gradativamente por raízes e folhas. O cártamo (Carthamus tinctorius L.) é uma planta
oleaginosa que esta se destacando nos últimos anos no centro –oeste brasileiro, estudos estão
sendo desenvolvidos para obter respostas das características da cultura. O cartamo possui um
alto teor de óleo em sua composição, em torno de 30%, se adapta a solos arenosos e rasos,
possui rusticidade e é tolerante ao déficit hídrico. Diante dessas características o presente
trabalho tem por objetivo principal verificar o potencial alelopatico de folhas de citronela
(Cymbopogon) sob a germinação, emergência e desenvolvimento inicial de quatro genótipos
de plantas de cartamo. O experimento foi conduzindo no campus da UNIOESTE de Cascavel
- PR. Foram utilizados 4 genótipos (Iapar, 4409, 2103, 2232) com 6 repetições cada. Serão
analisado o IVG, porcentagem de germinação, alturas de plantas, comprimento de raízes e
massa fresca e seca de raízes e parte área.

Downloads

Publicado

28-02-2018

Como Citar

DA SILVEIRA, L.; SEABRA JÚNIOR, E.; DAL POZZO, D. M.; FERREIRA SANTOS, R.; KAZUE TOKURA, L.; SECCO, D. Influência alelopática do extrato aquoso de folhas de Citronela (Cymbopogon) sobre a germinação e desenvolvimento inicial de quatro genótipos conhecidos de Cartamo (Carthamus tinctorius L.). Acta Iguazu, [S. l.], v. 6, n. 5, p. 197–206, 2018. DOI: 10.48075/actaiguaz.v6i5.18946. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/18946. Acesso em: 7 ago. 2022.