Conservação de sementes nos frutos de pitangueira: estádio de maturação, embalagem alternativas e períodos de armazenamento

Autores

  • Américo Wagner Júnior Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Emanoela Cassia Jordani Maciel Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Juliana Cristina Radaelli Universidade Tecnológica Federal do Paraná https://orcid.org/0000-0002-8391-1795
  • Karina Guollo Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v9i3.23576

Palavras-chave:

Armazenamento, Myrtaceae, Eugenia uniflora. Propagação

Resumo


Eugenia uniflora L. conhecida popularmente como pitangueira, ocorre naturalmente no Brasil e produz frutos com grande potencial para indústria alimentícia, cosmética e farmacêutica. As sementes altamente recalcitrantes e de curta longevidade dificultam a propagação desta espécie, tornando-se necessário a realização de estudos que permitam conservá-las por maior período. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade de sementes em diferentes condições de coleta e armazenamento. O delineamento experimental foi do tipo inteiramente casualizado, em esquema trifatorial 2 x 6 x 4 (estádio de maturação x atmosfera modificada x tempo de armazenamento), com quatro repetições, utilizando-se 50 sementes por unidade experimental. Para o fator atmosfera modificada fez-se a junção do local de armazenamento ao tipo de embalagem. Desta forma, as sementes ainda nos frutos foram mantidas em duas condições, ambiente natural ou refrigerado (±5 ºC), dentro de saco plástico transparente, garrafa PET ou banha suína solidificada. As sementes mantidas nos frutos foram armazenadas por 0, 30, 60, 90 e 120 dias. Fora avaliado a porcentagem de emergência, número de folhas por plântula, comprimento total de plântula, comprimento de raiz e parte aérea, e massa da matéria seca total das plântulas. Sementes de pitangueira podem ser armazenadas em refrigerador por até 60 dias, quando alocadas em saco plástico ou garrafa do tipo PET.

Downloads

Publicado

16-11-2020

Como Citar

WAGNER JÚNIOR, A.; MACIEL, E. C. J.; RADAELLI, J. C.; GUOLLO, K. Conservação de sementes nos frutos de pitangueira: estádio de maturação, embalagem alternativas e períodos de armazenamento. Acta Iguazu, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 1–8, 2020. DOI: 10.48075/actaiguaz.v9i3.23576. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/23576. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS