Detecção do fungicida Thiram por meio da ativação eletroquímica de eletrodos impressos de carbono

Autores

  • Neuryelen dos Santos Bandeira
  • Carolaine Dias Abreu
  • Raquel de Oliveira Silva
  • Valdir Souza Ferreira
  • Antonio Rogério Fiorucci

DOI:

https://doi.org/10.48075/actaiguaz.v8i5.23786

Palavras-chave:

voltametria, ditiocarbamatos, nanotubos de carbono.

Resumo


O thiram (dissulfeto de tetrametiltiuram) é um fungicida que pertence ao grupo dos dimetilditiocarbamatos e fornece proteção durante a colheita, armazenamento e transporte de grãos. Sua determinação em amostras diversas pode ser realizada por várias técnicas analíticas, como cromatografia, espectrofotometria, voltametria, dentre outras. Na voltametria, vem se destacando o uso de eletrodos impressos (SPEs), principalmente, pelo fácil manuseio destes sensores, rapidez, robustez e reprodutibilidade nas análises; baixo custo e alta sensibilidade. No presente estudo, o efeito de vários parâmetros experimentais e instrumentais para a detecção voltamétrica de Thiram envolvendo seu processo de oxidação eletroquímica foi avaliado: como a modificação química e ativação eletroquímica de eletrodos impressos de carbono (SPEs), o pH do eletrólito de suporte e a frequência de aplicação do pulso em voltametria de onda quadrada. A ativação eletroquímica dos SPEs possibilitou melhores resultados para repetibilidade e estabilidade na detecção voltamétrica de Thiram. As melhores condições para a detecção do pico de oxidação do Thiram foram obtidas com voltametria de onda quadrada (VOQ) com frequência de pulso de 70 Hz em tampão Britton-Robinson (BR) de pH 8,00 usando eletrodo impresso de carbono modificado com nanotubos de parede múltipla (SPE-MWCNT) ativado eletroquimicamente. O método desenvolvido apresentou um limite de detecção (LOD) de 4,4 × 10-8 mol L−1, com um intervalo linear de reposta de 0,15 × 10−6 a 10,0 × 10−6 mol L−1, utilizando a VOQ.

 

Downloads

Publicado

17-12-2019

Como Citar

DOS SANTOS BANDEIRA, N.; DIAS ABREU, C.; DE OLIVEIRA SILVA, R.; SOUZA FERREIRA, V.; FIORUCCI, A. R. Detecção do fungicida Thiram por meio da ativação eletroquímica de eletrodos impressos de carbono. Acta Iguazu, [S. l.], v. 8, n. 5, p. 1–12, 2019. DOI: 10.48075/actaiguaz.v8i5.23786. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/actaiguazu/article/view/23786. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS